Kanye West é processado por caçador de autógrafos

Por - 10/01/24 às 19:05

Kanye WestKanye West / Reprodução / YouTube

Kanye West está sendo processado por um caçador de autógrafos e sua esposa, confirmou o site “The Blast” na quarta-feira (10). O homem alegou nos documentos que levou um soco do cantor, quando se aproximou para pedir um autógrafo, afirmando que ficou ‘gravemente ferido’.

O incidente aconteceu dia 13 de janeiro de 2022, perto do Soho Warehouse, em Los Angeles.

Justin Poplawski e sua esposa Tiffany Marshall revelaram que foram insultados pelo rapper, que começou a reclamar dos dois: “Cai fora daqui antes que eu te dê uma surra!”, gritou Kanye, que estava com Julia Fox na época, ao casal.

Em documentos obtidos pela publicação, Justin se descreveu como um “revendedor de autógrafos muito respeitado” que já havia obtido a assinatura de Kanye “sem incidentes”, em outras ocasiões, porém, desta vez as coisas foram diferentes.

O homem – que enfatizou que estava “legalmente em propriedade pública” – alegou que foi agredido várias vezes por Kanye, “ferindo-o gravemente” e uma das pessoas que estavam com o rapper exigiu que ele parasse.

No processo West está sendo acusado de: “Tentar agredir fisicamente, machucar, espancar e ferir Poplawski, com a intenção de cometer tal agressão, dano, agressão e lesão, quando, sem limitação, [Ye] o atingiu de maneira ilegal e intencionalmente”.

“[Kanye] agrediu-o e espancou-o física e violentamente; e o atingiu repetidamente enquanto ele estava indefeso e temendo por sua segurança, fazendo com que o Requerente sofresse danos.”

A ação – que foi movida pela famosa advogada Gloria Allred – alegou que Kanye “se envolveu em um desrespeito consciente pelos direitos e segurança de [o buscador de autógrafos] e de outros e foi desprezível”.

Supostamente Justin quer uma indenização pela agressão sofrida. Justin Poplawski disse que coleciona autógrafos de celebridades desde 1996. Imagens de vídeo de parte do suposto incidente, que não incluía qualquer violência, circularam anteriormente online, mas a polícia decidiu não acusar Kanye de nenhum crime na época.

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×