Anitta sofre em seu pós-operatório: “Insuportável”

Por - 22/07/22 às 11:19

Selfie de Anitta, sériaReprodução Instagram @anitta

Conforme OFuxico vem noticiando, na quarta-feira, 20 de julho, Anitta  passou por uma cirurgia para se livrar da endometriose, após ser internada Hospital Vila Nova Star, no Rio de Janeiro. O procedimento médico foi realizado com sucesso pelos médicos do local.

O momento desta internação fez a cantora tirar um pouquinho o “pé do acelerador” para dar um tempo no trabalho Nesta sexta-feira, 22 de julho, Anitta revelou que tem sofrido no pós-operatório e explicou seu afastamento das redes sociais.

Leia+: Anitta leva prêmio internacional após viralizar no TikTok

“Sei que vocês estão esperando eu aparecer, mas tá difícil viu. Esse pós é insuportável. Correu tudo certo na cirurgia, agora é passar por essa fase extremamente ruim.”

BOLETIM MÉDICO

Na quinta-feira, 21 de julho, o Hospital Vila Nova Star emitiu umnovo boletim sobre a recuperação da cantora Anitta, após cirurgia de endometriose.

“O Hospital Vila Nova Star, da Rede D’or, informa que a artista Anitta permanece internada na unidade, localizada na zona sul da capital paulista. A paciente foi submetida na última quarta-feira, 20 de julho, a um procedimento minimamente invasivo para tratamento de endrometriose (condição inflamatória originada pelo crescimento anormal de células do endométrio fora do útero)”, informou o comunicado.

“A evolução do quadro clínico da artista após a cirurgia é considerada satisfatória. Anitta está sob cuidados médicos da equipe chefiada pela professora doutora Ludhmila Hajjar e pelo diretor geral do hospital, Pedro Loretti. Até o momento, não há previsão de alta”, concluiu o boletim médico.

Leia+: Anitta recebe festa surpresa: “Nunca estive mais feliz na minha vida”

REVELANDO A ENDOMETRIOSE

No início de julho, Anitta contou que sofre de endometriose, uma doença bastante comum entre as mulheres. Segundo a cantora, ela já está há nove anos investigando a doença, porém, até algumas semanas atrás, nenhum médico tinha conseguido acertar no diagnóstico.

A informação foi revelada por Anitta por meio das redes sociais. Em uma série de tweets, descreveu quais são os sintomas que apresentou, os julgamentos pelos quais passou e como conseguiu encontrar à solução para a condição.

Ela relatou que sentia dores insuportáveis e que ao ter revelado, para uma revista, que sofria com uma cistite, começaram a surgir matérias mal-intencionadas insinuando que higiene, beber mais água e usar preservativo resolveriam o problema.

A solução para o problema foi encontrada enquanto ela estava com o pai no hospital.

“A doutora (enviada pelo meu anjo da guarda só pode), fez na mesma hora uma ressonância em mim e estava lá: ENDOMETRIOSE. No dia seguinte ela me levou em um especialista em endometriose. Fizemos os outros exames necessários para ter certeza e aí está”, contou.

Leia+: Melody provoca Anitta com carro de luxo e Lula. Veja!

O QUE É ENDOMETRIOSE

Diante do caso de Anitta, OFuxico conversou com a doutora Mara Mendes, que é Ginecologista Obstreta e Diretora de Proteção ao Paciente do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA), para esclarecer os principais tópicos que envolvem a endometriose.

Inicialmente, a ginecologista explica o que é a endometriose: “É uma doença inflamatória crônica ginecológica que decorre do refluxo do sangue menstrual através das trompas para a cavidade abdominal. Normalmente, afeta as mulheres na idade reprodutiva, interferindo na qualidade de vida delas”.

“As pacientes portadoras de endometriose apresentam dores pélvicas intensas durante Ou fora do período menstrual e por vezes até incapacitantes, associado, também, a dores na relação sexual e pode  ter dificuldade de engravidar”, complementa a especialista.

A doutora detalha quais são os fatores de risco para a doença: “História familiar materna, menarca precoce, ciclos menstruais curtos, duração do fluxo menstrual aumentado, gestação tardia, nuliparidade, entre outros”.

Leia+: Anitta anuncia novo single em parceria com Missy Elliott. Veja vídeo!

Para concluir o diagnóstico de endometriose, os médicos se baseiam na história clínica da paciente e também contam com outros exames: “O diagnóstico é feito baseado em exame físico ginecológico e exames complementares de imagem, como ultrassonografia transvaginal, ressonância magnética pélvica, exames laboratoriais com marcadores e vídeo-laparoscopia”, explica.

Em relação ao tratamento, ela menciona a existência da indicação de cirurgia para certos casos, como o de Anitta. “O tratamento é realizado a partir do uso de hormônios, como anticoncepcionais orais de uso contínuo para não menstruar, uso de progestógeno de uso contínuo e tratamento cirúrgico em alguns casos”.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Tags:


×