Esposa de Zé Vaqueiro desaba ao visitar filho e ver piora na saúde

Por - 29/01/24 às 15:40

Zé Vaqueiro visitou Arthur com a esposa, mãe e avóZé Vaqueiro visitou Arthur com a esposa, mãe e avó (Reprodução/Instagram)

O cantor Zé Vaqueiro e a esposa Ingra Soares passam por uma situação delicada com o filho caçula, que está na UTI desde o dia em que nasceu devido a uma síndrome congênita grave. A influenciadora atualizou o estado de saúde de Arthur, de 6 meses, nesta segunda-feira, 29 de janeiro. 

Ingra deixou o hospital abalada, dias após contar que os médicos estavam analisando a possibilidade de dar alta para Arthur. “Vim visitar ele e tá tudo bem, do nada ele passa mal, tem queda de saturação, ele fica todo roxinho, todo duro, no meu braço, acordado, dormindo, sempre é do nada isso”, contou. 

“Tem dias que a gente tá mais sensível… Constantemente isso acontece, praticamente todo dia. Passa tanta coisa na minha cabeça, tanta coisa. Não é fácil, mas vai dar certo”, acrescentou. 

“Filho, se eu pudesse, te tirava daqui. Sentiria todas as suas dores pra te ver bem. Quando você passa mal assim, ver você todo roxinho, paralisado, sem se mexer, me mata por dentro, me sinto tão incapaz, não posso fazer nada (…) Dói demais, só eu sei o quanto estou sendo forte. Eu te amo muito, Arthur”, disse ao compartilhar uma foto segurando a mão do filho.

Ingra Soares desabafa sobre o filho
Ingra Soares desabafa sobre o filho (Reprodução/Instagram)

Além de Arthur, o casal tem de Daniel, de 3 anos. Ingra ainda é mãe de Nicolly, fruto de um relacionamento antigo. 

Síndrome de Patau

A síndrome de Patau, doença do filho de Zé Vaqueiro, é uma condição grave que leva a diversas complicações. É uma doença genética, caracterizada pela ocorrência de um conjunto característico de malformações congênitas. A presença de um cromossomo a mais causa problemas de má formação no rosto, nos membros e nos sistemas nervoso, cardíaco e urinário.

Entre os problemas causados pela doença, estão malformação no coração, nos rins, nas orelhas e no sistema nervoso, baixo peso, alterações na face e lábios leporinos, problemas respiratórios, micro ou anoftalmia (olhos pequenos ou ausência de olhos), defeitos abdominais e surdez.


×