Ex de Amy Winehouse se arrepende de coisas que fez durante relacionamento com a cantora

Por - 17/09/23 às 23:00

Fotomontagem Amy Winehouse e ex-marido, Blake Fielder-Civil, em fotomontagemFotomontagem: Divulgação/Reprodução Twitter

Blake Fielder-Civil, de 41 anos, abriu o coração sobre seu tumultuado relacionamento com a cantora Amy Winehouse e refletiu sobre o que gostaria de ter feito de diferente, se pudesse voltar no tempo. O encontro entre Fielder-Civil e a icônica cantora ocorreu em um pub em 2005, dando início a um relacionamento marcado por altos e baixos que durou seis anos. O casal oficializou a união em 2007, mas o casamento chegou ao fim dois anos depois, pouco tempo antes da trágica morte de Amy Winehouse, aos 27 anos, devido a uma intoxicação alcoólica.

No dia que a cantora completaria 40 anos, esta semana, Blake compareceu ao programa da ITV, “Good Morning Britain”, para discutir o conturbado relacionamento, além d e responder a perguntas sobre como seu próprio histórico de luta contra a dependência química influenciou os momentos que antecederam a morte da artista.

Fielder-Civil, descrevendo-se como um “viciado em drogas de 20 anos” durante o relacionamento. Ele foi questionado sobre o que ele mudaria se pudesse revisitar o passado. Sua resposta foi sincera: “Quase tudo. Antes de Amy e eu fazermos isso juntos [uso de heroína], eu já tinha experimentado algumas vezes, então eu reconheço isso em mim mesmo agora – e isso faz parte de ser mais gentil comigo mesmo – que eu não sabia o que estava fazendo”, reconhecendo que não tinha consciência do que estava fazendo na época e, que agora, compreende que cometeu muitos erros.

O ex-marido de Amy também ressaltou que ninguém desejava a tragédia que ocorreu e que, olhando para trás, acredita que tanto ele quanto Amy teriam desejado coisas diferentes para suas vidas.

“Eu não tinha a intenção de que tudo isso acontecesse. Eu não acho que ninguém que amava Amy, sua família ou seus amigos, achasse que isso era o que eu queria”, continuou ele. Da mesma forma, acredito que eles diriam que Amy não teria querido que eu carregasse o fardo nos últimos 10 anos.”

Em outra parte da entrevista, Fielder-Civil mencionou que, embora a luta contra a dependência química tenha desempenhado um papel importante na morte de Winehouse, outros fatores, como a pressão da fama desde jovens, também afetou o bem-estar deles e o curso do relacionamento. Ele expressou sua tristeza pela ausência de Amy e sua lembrança contínua dela.


×