Gil do Vigor detona Pablo Marçal após vídeo polêmico: ‘Que raiva’

Por - 30/10/23

Gil do Vigor e Pablo MarçalGil do Vigor e Pablo Marçal - Reprodução/Instagram

Gil do Vigor se manifestou no final de semana sobre um vídeo polêmico que começou a circular nas redes sociais. Nele, o político e influenciador Pablo Marçal está fazendo uma palestra, quando age de forma grosseira com uma mulher na plateia.

Veja o vídeo!

Ao ver toda a situação, Gil se manifestou nas redes sociais.

“Eu me levantaria, daria um baile nele e ACABAVA COM TUDO. Eu estou com raiva e querendo encontrar este homem apenas para dar uma desculhambação nele. Como pode gente?”, começou.

“Eu ainda estou sem aceitar. Juro a vocês, como eu queria estar lá, eu iria me levantar, gritar, xingar… Aff Maria! Que ranço que eu estou”, finalizou.

Gil do Vigor rebate Rachel Sheherazade

Tudo começou quando surgiu uma notícia de que o salário de Rachel Sheherazade era de R$ 220 mil e que ela não teria conseguido, mesmo assim, a comprar sua casa própria.

“Tem vários descontos, impostos a pagar de pessoa jurídica… Na verdade, apesar do salário, eu não consegui ainda realizar [o sonho da casa própria]. O salário não era milionário”, disse a jornalista.

O ex-BBB e economista Gil do Vigor entrou na discussão e, levando em conta a notícia, mesmo com descontos, Rachel ganharia mais que quase todos os brasileiros.

“Acho importante destacar que, mesmo considerando descontos e impostos, se a renda da Rachel realmente fosse de R$ 200 mil mensal (caso seja verídico o que estão comentando), ela estaria ganhando mais que 99% dos brasileiros, conforme dados do IBGE, que indicam que se um brasileiro recebe acima de 28 mil, ele já está entre os 1% com maiores salários. Portanto, parece que faltou à Rachel buscar um aconselhamento financeiro e falo para todos: é importante cuidar do seu dinheiro, pois aquela música é real, dinheiro na mão é vendaval”, finalizou o ex-BBB.

Em resposta, a jornalista confessou que entrou no programa, visando o prêmio, já que estava desempregada.

“Primeiramente, eu pensei no prêmio, eu estou desempregada. Tenho o contrato de uma coluna que eu escrevo, mas que realmente não dá para pagar as contas e vivo de poupança que fiz durante toda a minha vida, dos 20 anos que trabalhei com a televisão”, disse.

Ela ainda revelou que, tudo que ganhou, metade ficou com seu ex-marido, já que eles se casaram em divisão de bens.

“Metade de tudo o que ganhei, acabei tendo que abrir mão porque passei por um divórcio, é o pai dos meus filhos, fomos casados em divisão de bens”.

Ela ainda comentou sobre uma polêmica que surgiu na semana depois que ela disse que ainda buscava comprar uma casa, mas uma notícia informava que ela ganhava R$ 200 mil como apresentadora.

“Não sei de onde tiraram essa cifra de R$ 200 mil, calma, vocês não conhecem a minha vida, não conhecem as minhas finanças, não sabem o valor que caía na minha conta. Eu cheguei em SP ganhando o menor salário de jornalismo, eu passei 10 anos para ganhar um salário melhor. Nesse ínterim, passei por muitas coisas na minha vida pessoal, que a gente não costuma falar, até porque o jornalista tem uma postura mais intimista, discreta, não fala sobre sua vida, mas com o divórcio eu tive que abrir mão de 50% de tudo que eu tinha. Então, a casa que eu tinha foi para o meu ex-marido e eu fiquei com a poupança que eu fiz para mim e para os meus filhos”, contou.

Rachel ainda falou que a família dela depende de suas conquistas para sobreviver, já que, além dos filhos, ela ainda mantém a mãe e o irmão, que tem esclerose múltipla.

“Hoje não só para sustentar os meus filhos, mas eu sou a provedora da minha mãe, que é aposentada e vive com um salário mínimo, não dá para viver, e do meu irmão, que tem esclerose múltipla, uma doença incapacitante, ele não tem um trabalho, uma aposentadoria, não tem nada. Então, eu provejo duas famílias e mais os meus filhos, ou seja, são três famílias que eu tenho que prover e isso sem emprego. Todas as economias que eu tinha foram pra me manter e manter minha família”, finalizou.

---

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais