Giovanna Ewbank surge chorando na web e preocupa os fãs

Por - 23/02/24

Giovanna EwbankReprodução/Instagram

Sempre alegre e bela, Giovanna Ewbank assustou seus seguidores, nesta sexta-feira, 23 de fevereiro, ao surgir chorando. A esposa de Bruno Gagliasso se disse “exausta e triste por não dar conta de tudo”.

Receba as Notícias de OFuxico em seu celular

Ewbank, que é mãe de Titi, 10 anos, Bless, de nove, e Zyan, de três,  iniciou: “Às vezes parece que estamos felizes e radiantes o tempo todo por aqui, né? Claro, porque as redes só mostram uma parte das nossas vidas. Mas a verdade é que o dia a dia é cheio de altos e baixos, medos, alegrias, angústias, culpa. Por um lado, muito feliz com as realizações profissionais. Por outro, triste e culpada por não dar conta de tudo o que remete aos meus filhos.”

“Isso não é uma reclamação, eu sabia que seria assim. Me propus a isso sabendo que quando acabasse ficaria apenas em casa com as crianças. Mas esses últimos 10 dias têm sido muito difíceis. Venho para o trabalho chorando, deixando parte de mim em casa, sabendo que meus filhos sentem minha falta no dia a dia”, continuou.

“(…) Perdi o final das férias dos mais velhos, a primeira semana de aula do mais novo, a estreia de Zyan em um colégio e todo o sentimento desconhecido da escola nova, a entrada na escolinha de futebol… Mas sempre tentando acertar, e me desdobrar em mil pra me fazer presente de alguma forma”, lamentou.

Quais são as notícias dos famosos

Em seu longo relato, ela ainda falou do trabalho no Quem Pode, Pod, ao lado de Fernanda Paes Leme. Ela relembrou de uma crise de ansiedade.

“Tendo que pedir a uma equipe inteira alguns minutos para respirar e não entrar no set chorando. Essa é a parte que ninguém vê, mas que também existe. Hoje é o nosso último dia de gravação de um trabalho intenso! Todos os dias, dez a doze horas, sentimentos a flor da pele”, disse.

“Minha parceira de trabalho Fepa, grávida e também muito emotiva, muitas vezes segurou minha barra, assim como eu segurei a dela. Imagina? Ela longe de casa, na reta final da gravidez, cheia de hormônios que deixam a gente ainda mais sensível, precisando carinho e acolhimento dos seus! Ela foi forte demais!”, contou.

“A verdade é uma só: nós, mulheres, somos fodas! Somos mil em uma e isso já sabemos, somos chamadas de guerreiras a todo tempo, e somos, mas, às vezes o que precisamos é sentar, respirar e nos permitir não fazer ou não ser nada. Só ser” Ser o que quisermos e o que é possível no dia a dia”, falou.

“Estou muito feliz, muito realizada e poderia estar falando sobre isso, mas a verdade é que também estou exausta! Emocionalmente, psicologicamente, fisicamente… E a única coisa que preciso agora é acolher e ser acolhida pelos meus filhos. Sentir o amor e ser amada!”, finalizou.

---

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.