Família de Ron Goldman reage à morte de O.J. Simpson

Por - 13/04/24 às 08:00

O.J. SimpsonO.J. Simpson / Reprodução TV / Fox Channel

Um advogado da família de Ron Goldman, o homem que foi assassinado junto com Nicole Brown Simpson, ex-esposa de O.J. Simpson, em 1994, reagiu à notícia da morte do ex-jogador da NFL, que morreu na quarta-feira, 10 de abril, depois de lutar contra um câncer de próstata.

Morte de O.J. Simpson pega a imprensa internacional de surpresa

Através de um comunicado, o advogado manifestou que “O.J. Simpson morreu sem penitência”, ou seja, sem arrependimento ou remorso pelo erro que cometeu.

Orenthal James Simpson, seu nome verdadeiro, foi acusado de ter matado com golpes de faca, Nicole, que tinha 35 anos na época, e Ron, 25.

Embora o ex-atleta foi absolvido das acusações de assassinato em 1995, posteriormente, em um processo civil, ele foi considerado culpado por homicídio culposo e agressão contra Goldman e Brown.

Receba as Notícias de OFuxico em seu celular

Mais de 10 anos depois, O.J. foi para a cadeia cumprir pena de nove a 33 anos de prisão, mas não pelo crime de homicídio e sim porque foi considerado culpado em um processo de sequestro e assalto em Las Vegas. Passou nove anos na cadeia, e terminou sua liberdade condicional em 2021.

Isso de certa forma, foi uma redenção para a família de Ron, que viu Simpson ser privado de sua liberdade, apesar que não pelo crime que supostamente cometeu.

O ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson morreu aos 76 anos, na quarta-feira 10 de abril, após lutar contra um câncer de próstata.

O.J. Simpson é pai de Khloe Kardashian?

Segundo a revista “OK!” a morte do ex-atleta foi surpreendente, porque ele assegurou há poucas semanas, que estava bem, e não havia qualquer rumor sobre seu delicado estado de saúde.

Seus filhos Arnelle, Jason, Aaren, Sydney e Justin divulgaram um comunicado confirmando a triste notícia.

“No dia 10 de abril, nosso pai, Orenthal James Simpson, sucumbiu à batalha contra o câncer. Ele estava cercado por seus filhos e netos”, compartilhou a família Simpson na plataforma X na quinta-feira, 11 de abril.

Entrevista revela como OJ Simpson teria matado a esposa

“Durante este período de transição, a família pede que vocês respeitem seus desejos de privacidade”, observaram.

Em fevereiro, foi relatado que Simpson estava recebendo tratamento para o câncer de próstata. Na época, o ex-astro da NFL negou que estivesse em cuidados paliativos, e chegou a gravar um vídeo, no carro, desmentindo a informação, e assegurando que estava bem.

Lenda do Futebol Americano

O.J. Simpson foi um craque do futebol americano, considerado um dos melhores running backs de todos os tempos. Jogou na NFL por 11 temporadas, principalmente no Buffalo Bills.

Ele ganhou o prestigiado Troféu Heisman como jogador universitário e foi incluído no Hall da Fama em 1985.

Kris Jenner comenta sobre rumor de caso com O.J. Simpson

Julgado por Duplo Homicídio

No auge de sua vida e carreira, O.J. viu seu mundo desabar quando foi acusado, em 1994, do duplo assassinato de sua ex-mulher, Nicole Brown Simpson, e de seu amigo Ron Goldman.

O caso se tornou um fenômeno midiático global. Robert Kardashian, patriarca dos Kardashians, foi um de seus advogados de defesa, graças à amizade que tinham.

Ele foi julgado e absolvido em 1995, mas o veredicto permanece controverso, com muitas pessoas acreditando que Simpson realmente foi o responsável pelas mortes.

O.J. Simpson ligou para Khloe Kardashian ao sair da prisão?

O.J. foi posteriormente considerado culpado em um julgamento civil em 1996, e a família de Brown recebeu uma indenização.

Anos após o polêmico julgamento, em 2007, O.J. Simpson acabou sendo preso e passando nove anos na cadeia. Porém, nada relacionado aos homicídios anteriores. Ele foi preso por um caso separado de assalto à mão armada.

O.J. recebeu liberdade condicional em 2017 e foi libertado antecipadamente em 2021.

---

Tags:

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×