Renato Cariani se defende: ‘Nunca fiz parte de esquema nenhum’

Por - 15/12/23 às 14:56

Renato Cariani se defende em vídeoRenato Cariani se defende em vídeo - Reprodução/Youtube

Renato Cariani foi um dos nomes mais pesquisados nesta semana na internet. Isso porque o influenciador fitness foi alvo de busca e apreensão da Polícia Federal por uma suposta ligação de sua empresa, que fica em Diadema, com o tráfico de drogas.

Cariani já foi às redes sociais falar do assunto algumas vezes, mas fez um vídeo de pouco mais de 30 minutos para explicar o funcionamento de sua empresa, a relação com o empresário Fabio Spinola, e informações veiculadas na imprensa. Confira o vídeo completo ao final da matéria!

Renato Cariani cancela participação em podcast após investigação

“Em menos de 24 horas que eu tive acesso aos autos à minha defesa já tá pronta, sabe por quê? Porque tudo o que eu tenho é absolutamente a verdade então explicar o que de fato aconteceu eu não preciso de tempo muita gente perguntando Renato o seu depoimento já tá marcado, você vai adiar o seu depoimento não vou adiar não tem um motivo para adiar meu depoimento pelo contrário. Eu quero fazer logo o meu depoimento”, começou.

Quem é Fabio Spínola?

Um dos primeiros pontos ditos por Cariani no vídeo foi sua relação com Fabio Spínola, empresário que está sendo investigado pela Polícia Federal.

Renato Cariani sobre operação da PF: ‘Sofri porque sou um dos sócios’

“Vamos começar por um ponto muito importante a minha ligação e da minha sócia com uma das pessoas investigadas, que se chama Fábio. Eles colocam o Fábio como sendo uma pessoa que eu conheço e é verdade. Eu conheço Fábio, minha sócia conhece o Fábio e muitas pessoas conhecem o Fábio. Ele é um empresário de Diadema, dono da maior loja referência na cidade para a área automotiva”, começou.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular

“Então, o Fábio tem uma loja gigantesca que tem manutenção de carro, estética de carro, loja de pneus, funilaria, não é no mesmo local, mas é um complexo, tem uma série de atendimentos e compra e venda de veículo. Essa é a atividade econômica que eu sempre conheci”, acrescentou.

Esposa de Renato Cariani rebate ataques à família: ‘Pessoas ruins’

Segundo Cariani, muitas notícias revelaram que ele tinha uma relação de amizade com Fabio, mostrando fotos e até conversas, mas o influenciador disse que nunca foi à casa do empresário, por exemplo.

“Eu nunca tive a oportunidade de ir no apartamento onde o Fábio mora, pode levantar os registros que você vai ver que eu nunca fui no apartamento dele. Eu nunca tive a oportunidade de recebê-lo em minha casa, ele nunca foi na minha casa em São Caetano, ele nunca veio no meu apartamento em São Caetano. Nós temos casa no mesmo condomínio no Guarujá, onde outras pessoas têm, então eventualmente a gente se encontrava no condomínio andando de bicicleta, conversando”, contou.

Cadastramento da empresa

O influenciador também dedicou um bom trecho do vídeo pára explicar o cadastramento em sua empresa e como ele faz a segurança para não cair em fraudes. Além disso, ele se diz vítima de todo o processo.

“Existe uma sistemática Legislativa para venda de produtos controlados quando uma empresa ela tem licença para vender produtos químicos, ela tem um regulatório a cumprir tem regras a cumprir e qual é a regra eu tenho que lançar mensalmente tudo o que foi vendido daquele produto, por exemplo a acetona eu vendia acetona pra empresa a eu lanço a data o número da nota o nome da empresa a quantidade e a licença da empresa”, iniciou.

“Isso vai num sistema eletrônico do órgão fiscalizador, a Polícia Federal, para que, quando a empresa a receber, ela tem que lançar a entrada, quem vendeu, data, nome da empresa, número da nota, e aí o lançamento da entrada dele tem que manter, tem que bater com o lançamento da minha entrada, esse cruzamento evidencia que são empresas autorizadas em licença para fazer essa comercialização. Não é bagunçado como a imprensa está colocando. Todas as notas fiscais apontadas pela investigação foram lançadas no mapa, todas”, acrescentou.

O influenciador ainda explicou que seguiu todo o processo que deve ser feito para saber se a empresa é apta, por isso acredita que é tão vítima quantos os outros.

“O cruzamento feito ou que deveria ser feito é da Polícia Federal. No momento que a Polícia Federal dá autorização para uma empresa receber esse produto, eu entendo que essa empresa é apta”, explicou.

“Existe todo um protocolo de cadastramento dessa empresa, onde ele mandou documentos que somente a empresa tem acesso contrato social CNPJ licença para produtos controlados protocolo da licença de produtos controlados, mais uma série de documentos que ele precisa atender para ser homologado como cliente na minha empresa, não é bagunçado, existe toda uma mecânica, um processo. Então quem está do outro lado, teve acesso a documentos dessa empresa que só a empresa tem e isso faz com que a empresa que eu sou Sócio se torne uma vítima também, porque é uma consistência tão grande de documentação que faz dele uma empresa fidedigna, então eu sou vítima também”, acrescentou.

Cariani ainda disse que está do lado da verdade e irá provar isso na Justiça.

“Toda minha defesa está sendo estruturada. Dr. Aldo Romano Neto, meu advogado, vem brilhantemente e rapidamente estruturar a minha defesa, é muito fácil realizar uma defesa quando você está com a verdade. Só que isso é um assunto muito delicado, principalmente na proporção que isso tomou, devido à imprensa. Eu quero esclarecer literalmente tudo”, finalizou.

Veja o vídeo completo!

Tags: ,

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais


×