Selena Gomez se afasta das redes: ‘Não apoio nada do que está acontecendo’

Por - 03/11/23 às 18:00

Selena GomezSelena Gomez / Reprodução / Instagram /@selenagomez

Selena Gomez anunciou que se manterá afastada das suas redes sociais, devido à onda de críticas que tem recebido, por conta dos comentários recentes que fez sobre o conflito entre Israel e Hamás. Sua decisão veio depois que a ex-estrela da Disney ficou irritada com as acusações relacionadas à sua posição na guerra. Alguns seguidores pediram que ela usasse sua plataforma com mais de 400 milhões de seguidores para expressar sua opinião sobre o conflito, mas não gostaram de sua resposta.

“Fiquei longe das redes sociais porque me parte o coração ver todo o horror, ódio, violência e terror que está acontecendo no mundo. Que pessoas sejam torturadas, assassinadas ou submetidas a qualquer ato de ódio contra qualquer grupo é horrível. Precisamos proteger a todos, especialmente as crianças, e acabar com a violência de uma vez por todas”, começou dizendo.

Ao final do depoimento, Selena também revelou um desejo. “Peço desculpas se minhas palavras nunca serão suficientes para todos ou para uma hashtag. Eu simplesmente não posso ficar parada e ver pessoas inocentes se machucarem. Isso é o que me deixa doente. Eu gostaria de poder mudar o mundo, mas uma publicação não será suficiente”, afirmou.

E sendo a mulher mais seguida da plataforma, Selena anunciou posteriormente que irá deletar seu perfil: “Vou dar um tempo e deletar meu Instagram. É isso. Não apoio nada do que está acontecendo”, disse.

A cantora já havia comentado que não tem o controle de suas redes sociais, justamente para proteger sua saúde mental.

Reprodução / Stories/Instagram/@selenagomez

Selena Gomez já revelou que ela tem uma equipe para cuidar de suas redes sociais, porque já não tem os aplicativos em seu celular, para proteger sua saúde mental. E em sua nova entrevista à revista “Fast Company”, a atriz e cantora confessou que foi seu rompimento com Justin Bieber que a levou a abandonar as redes.

O romance intermitente de Selena e Justin terminou depois de oito anos em 2018 e pouco depois, ele começou a sair com sua agora esposa Hailey Baldwin. No mesmo ano ela foi diagnosticada com transtorno afetivo bipolar. Em declarações à publicação Selena disse: “Sofria sobre minha aparência por causa do que via no Instagram. Uau, gostaria que meu corpo fosse assim…”, justificou.

E os comentários cruéis sobre seu corpo, começaram a prejudicá-la, porque ela sentia que já não tinha mais um “corpo de adolescente”.

Ela também confessou que não queria se abrir tanto ao ponto de revelar seu diagnóstico: “Eu cresci agradando as pessoas. Tive uma responsabilidade desde muito jovem – os jovens me admiravam. Eu não sabia quem eu era. Ter essa responsabilidade me faria pisar muito em ovos. … Achei que talvez fosse prejudicial contar às pessoas quem eu sou. Isso começou a se tornar uma ameaça que me assustou”, afirma.

Mas a fundadora da “Rare Beauty” disse que ficou aliviada ao receber o diagnóstico porque estava lutando contra seu humor. “Passei por uma temporada muito difícil. Foram meus altos e baixos, e eu não sabia o que fazer, então não conseguia controlar (…) era uma sensação de tortura. Por isso, quando descobri meu diagnóstico, foi só: ‘Ah, tudo bem, me sinto um pouco aliviada, entendi um pouco mais’”, explicou.

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×