Brunna e PA defendem Ludmilla após entregador detonar cantora

Por - 15/05/24 às 18:00

fotomontagem de paulo andré e brunna gonçalvesFoto: Reprodução/Instagram/Montagem

Recentemente, viralizou um vídeo na web na qual um entregador de aplicativos afirma ter sido esnobado por Ludmilla. No material em questão, o profissional disse que foi fazer uma entrega para a dançarina quando tudo aconteceu.

Produtora se pronuncia após shows cancelados de Ivete e Ludmilla

Entretanto, Ludmilla chegou instantes antes dele, descendo do carro com alguns amigos, e de acordo com o entregador, ela notou sua presença, mas o ignorou, entrou em casa e mandou uma funcionária receber o pedido e entregar para a dançarina.

Com a viralização, uma internauta teceu diversas críticas para Ludmilla, chamando-a de arrogante: “A militância ama passar pano pra essa mulher de vítima do mundo, sofredora, rainha da favela, mas na real ela no off é assim, um lixo, e ama tratar trabalhador feito lixo, micosa, flopada, arrogante”.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Mais tarde, tanto Brunna Gonçalves quanto Paulo André (PA) saíram em defesa da cantora.

Paulo André defende Ludmilla

Paulo André defendeu Ludmilla em seu perfil oficial no Twitter afirmando que situações como essa são distorcidas para que a pessoa famosa em questão fique malquista, mas que nem tudo exposto dessa forma é verdade.

“Hoje em dia qualquer um que faça um vídeo ou comentário sobre uma situação vocês acreditam e tomam como absoluta verdade, como se não houvesse gente maldosa o suficiente pra inventar mentiras pra querer ‘derrubar’ alguém”, apontou o velocista, em suma.

Ex-BBB’s Paulo André e Vinicius Rodrigues participam de competição de atletismo

“Estou no cf (‘close friends’, ferramenta do Instagram) da Lud e ela postou as imagens das câmeras de segurança desse momento aí… e ela nem se quer cruzou no caminho desse cara…”, declarou ele em seguida.

“Imagino que ela não tenha postado porque não vale a pena dar palco para essa galera, e eu sem bem o que é isso. mas que é lamentável ver esses comentários virais sobre uma situação que ninguém sabe a verdade, é…”, concluiu Paulo André, por fim, enquanto defende Ludmilla.

Ludmilla sobre cancelar turnê: ‘Não podia ser de qualquer jeito’

Brunna também defende Ludmilla

Assim com PA, Brunna Gonçalves também defendeu Ludmilla: “Olha, gente. Eu fico chocada com pessoas que querem crescer às custas de outras, que ao invés de fazer seu corre, fazer seu trabalho de boa, fica inventando coisa para se crescer por causa de ‘like’, por causa de visualização”.

Em seguida, ela contou que faz dois meses do caso: “No dia 21 de março eu fiz um pedido, eu não estava em casa. Fiz um pedido no aplicativo para entregar aqui em casa. Ludmilla não estava, na época estava ensaiando para o Coachella. Só quem estava em casa era a Nety, que é a moça que trabalha aqui, que cuida da gente”.

“Pois bem. O pedido chegou, a Nety foi informada pela portaria, liberou e foi ao encontro da porta para buscar o pedido”, contou Burnna Gonçalves, que posteriormnete publicou imagens da câmera de segurança de sua casa no momento em que Ludmilla entra com o carro e logo depois, o entregador chega.

“É a hora que a Ludmilla abre a porta do carro para poder sair (…) Ludmilla vai e entra para dentro de casa até porque ela não sabia que eu tinha pedido nada, não sabia de nada. Entrou para dentro de casa. Pronto. Foi isso que aconteceu”, afirmou.

Mostrando o vídeo do entregador

Ela também exibiu o entregador indo até a porta para fazer a entrega: “Vem ele. Fica ali olhando o carro para ver quem está ali. Aí quem passa por ele é a bailarina da Ludmilla, Giovana. Aí ele fica put* e sai”.

“Então, resumindo, tomem cuidado com o que vocês veem na internet porque 90% das coisas é mentira. 90% das coisas são pessoas querendo passar por cima de outras para poder prejudicar e não estão nem aí se vão prejudicar, quem vão prejudicar”, diporu a dançarina, em síntese.

“Elas querem crescer, querem engajamento, likes, querem ficar com vídeo viralizado. Então, cuidado com o que vocês veem por aí, gente. A gente graças a Deus teve esse vídeo, a câmera daqui de casa para poder provar que aquilo não existiu, mas muita gente não tem isso”, concluiu Brunna Gonçalves, por fim.

---

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×