Daniel Alves tem liberdade provisória negada em meio a processo

Por - 27/11/23 às 15:22

daniel alves de moletom branco olhando para cima sorridenteFoto: Reprodução/Instagram @danialves

Daniel Alves está preso desde janeiro na Espanha, acusado de estupro a uma jovem após ir para uma boate em Barcelona ano passado. Ele está sob julgamento e prestando depoimentos enquanto a Justiça avança com o processo.

No último dia 07 de novembro, a defesa do atleta entrou com pedido de liberdade provisória, porém, a acusação e o Ministério Público da Espanha contestaram a solicitação, e por isso, a Justiça espanhola manteve a “situação de prisão provisória e sem fiança”. A defesa de Daniel Alves pode pedir recurso da decisão em até três dias.

As informações são do portal Splash UOL, que teve acesso ao documento, afirmando que não há mudança no caso que justifique uma revisão, e como o jogador está preso preventivamente por risco de fuga, uma liberdade provisória próxima ao julgamento “incrementa esse risco de fuga”.

Ainda não há uma data definida para acontecer o julgamento de Daniel Alves, ,as é especulado que aconteça no início do próximo ano, o que totalizaria um ano de intervalo entre o ato e a conclusão judicial, e consequentemente, a definição da pena.

Últimas atualizações do caso

Com meses de julgamento, o Ministério Público da Espanha pediu nove anos de prisão para o jogador de futebol, além de uma indenização de 150 mil euros (R$ 799 mil) para a vítima, a títulos de danos morais e psicológicos. As informações são da agência de notícias “EFE”, repassadas pelo GE.

Vale ressaltar que, na semana passada, o Tribunal de Barcelona notificou as duas partes do caso sobre o julgamento de Daniel Alves, oficializando o fim das investigações e dando cinco dias para a apresentação de acusação e defesa. A data da audiência, porém, ainda não foi definida.

Lembrando que, desde que foi para a cadeia e seu julgamento teve início, a defesa do atleta era comandada por Cristóbal Martell, de 61 anos, conhecido por defender políticos e Lionel Messi nas acusações fiscais, mas no dia 05 de outubro, a TV Antena 3, da Espanha, revelou que o advogado abandonou o caso.

Segundo a imprensa internacional, o profissional enxerga que o caso de Daniel Alves está perdido e que ele será condenado de qualquer forma, e optou por realizar um acordo para deixar o caso. Quem deve assumir a defesa de Daniel Alves é Inés Guardiola, especialista em direito penitenciário.

Tags: ,

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×