Justiça autoriza investigação contra Alexandre Correa por desvio de dinheiro e falsificação

Por - 16/12/23 às 08:02

Alexandre Correa e Ana HickmannReprodução/Instagram/@ahickmann

Apresentadora Ana Hickmann acusa ex-marido de ter desviado
R$ 25 milhões e falsificado sua assinatura

A Justiça de São Paulo autorizou nesta sexta-feira, 15 de dezembro, a investigação contra o empresário Alexandre Correa por falsificação e utilização de documento falsificado. A decisão foi tomada pela juíza Andrea Ribeiro Borges, da 1ª Vara Criminal e de Violência contra a Mulher de Itu (SP).

Os valores assombrosos das dívidas de Ana Hickmann

A investigação foi aberta a pedido da apresentadora Ana Hickmann, que acusa o ex-marido de ter feito acordos financeiros no nome dela sem autorização. Em entrevista ao “Domingo Espetacular”, da Record, ela sugeriu que o empresário teria falsificado sua assinatura.

Ana Hickmann: plano de saúde foi cancelado por falta de pagamento

Denúncia de desvio de dinheiro

Ao Ministério Público, Ana Hickmann acusou Alexandre Correa de ter desviado cerca de R$ 25 milhões desde 2018. A soma envolve “empréstimos pessoais e empresariais, contratações de capital de giro e cheque especial etc., em diversas oportunidades mediante comprometimento de seu patrimônio, sem o conhecimento ou anuência” dela.

Saiba como foi o reencontro de Alexandre Corrêa com o filho

Defesa alega incompetência jurisdicional

A defesa de Alexandre Correa apresentou à Justiça de São Paulo um pedido de habeas corpus por incompetência jurisdicional da delegacia e Justiça de Itu, do interior do estado, na apuração da suposta fraude na empresa do ex-casal. O pedido reforça a tese da defesa sobre a inexistência de crime patrimonial comprovado e pede a suspensão imediata da investigação.

Ana Hickmann diz que ainda sofre agressão e tortura após separação

Alexandre alega estar passando por coação e “constrangimento ilegal” durante a investigação que visa apurar a acusação da apresentadora de desvio patrimonial de R$ 25 milhões uma das empresas que divide sociedade com o empresário.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular

Os advogados do empresário afirmam não haver crime patrimonial entre pessoas casadas pelo regime de comunhão parcial de bens e que a delegacia de Itu não tem competência para a investigação, visto que a sede das empresas ficam e os bancos envolvidos são da capital paulista.


Alexandre Correa culpa governo Lula por dívida de R$ 40 milhões

Com a investigação das violações da Lei da Maria da Penha, a defesa de Alexandre pede para que a denúncia de agressão física e emocional não seja relacionada à questão patrimonial da empresa.

Tags:

Idealizadora do site OFuxico, em 2000 segue como CEO e Diretora de Conteúdo do site. Formada em jornalismo pela Faculdade Casper Líbero, desde os anos 1980 trabalha na área do jornalismo de entretenimento. Apaixonada por novelas, séries, reality, cinema e estilo de vida dos famosos.


×