Larissa Manoela formaliza saída da sociedade com os pais

Por - 07/11/23 às 09:49

Selfie de Larissa ManoelaFoto: Reprodução Instagram @larissamanoela

Larissa Manoela finalmente conseguiu formalizar sua saída da empresa que mantinha com seus pais, uma questão que se arrastava desde março deste ano, quando ela expressou seu desejo de deixar a sociedade. Larissa optou por abrir mão de sua participação acionária, estimada em R$ 18 milhões, que permaneceu com seus genitores.

A juíza Andréa Galhardo Palma emitiu uma determinação para a Junta Comercial do Estado de São Paulo, que confirmou oficialmente o direito de Larissa de se desligar da sociedade, com a data de saída registrada como 2 de setembro de 2023.

A empresa

A empresa em questão, chamada “Dalari Produções e Eventos,” foi fundada em 8 de outubro de 2014 e iniciou suas atividades em 15 de setembro do mesmo ano, em Cotia, na Grande São Paulo. Seu propósito original, registrado na Junta Comercial, abrangia o agenciamento de profissionais para atividades esportivas, culturais e artísticas, edição de livros, gestão de ativos intangíveis não-financeiros, produção de filmes para publicidade e serviços de dublagem.

Os sócios originais incluíam Silvana de Jesus (49%), Gilberto Elias (49%), e Larissa Manoela (2%). Em 19 de junho de 2017, houve uma redistribuição das cotas, igualando-as a 33% para cada uma das partes, em uma alteração na estrutura de direção. Posteriormente, em março de 2020, as quotas voltaram a ser divididas igualmente entre os pais e 2% para Larissa. As informações são do G1.

Até o fechamento desta matéria, os advogados que representam os pais da atriz, a empresa e a própria Larissa não se manifestaram.


×