Yasmin Brunet relembra relação abusiva: ‘Coisas bem cruéis’

Por - 13/04/24 às 17:30

Retrato Yasmin BrunetReprodução/Instagram/@yasminbrunet

A participação De Yasmin Brunet no BBB 24 levantou debate sobre compulsão alimentar, algo que a surpreendeu fora da casa. Porém, o que muita gente não sabe é que a dela se desenvolveu por causa de um relacionamento tóxico no passado.

Yasmin Brunet organiza ‘churrasco secreto’ com ex-BBB’s e proibição de celular

Brunet comenta sobre ter virado pauta e relembra a relação abusiva em entrevista a Laís Malek, no jornal OGlobo. “Foi 100% uma surpresa. Achei que ia passar batido. Fui sabendo que seria exposta de todas as formas e, querendo ou não, foi uma libertação”, disse ela, primeiramente.

“É algo que eu guardava para mim, e qualquer tipo de distúrbio de imagem ou problema alimentar é algo com que você vai lutar durante toda a sua vida. Vão ter momentos bons e outros de recaída… Acho que as pessoas precisam entender que não é frescura, é algo sério”, afirmou em seguida.

“E é por essa pressão estética imbecil, que não faz sentido nenhum. Não imaginava que viria à tona, foi muito desconfortável, mas espero poder usar isso em algum momento para ajudar as pessoas. É o mínimo que eu poderia fazer”, declarou a modelo.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Falando do relacionamento tóxico

Eventualmente, Brunet relembra a relação abusiva que chegou a comentar dentro do reality show. “Foi bem abusivo, e infelizmente muitas mulheres passam por isso. O cara me traía muito e me fazia me sentir culpada, como se eu tivesse causado isso de alguma forma. Ele falava coisas bem cruéis, reforçava as minhas inseguranças com o meu próprio corpo”, apontou ela.

“Ele dizia: ‘Acho que você tem um caso com o seu personal. Você vai para a academia e o seu corpo nunca melhora. Está cada vez mais gorda, segura um pouco a comida. Você nunca vai achar alguém como eu, tem que dar um troféu para alguém te aguentar, porque você é insuportável. Eu não vou encostar em você porque você é mais suja que lixo. Vou encher sua cara de porrada”, prosseguiu então.

“Entre outras mil coisas, e na frente das pessoas. Era complicado, porque só as minhas amigas próximas sabiam, para as outras pessoas ele era um príncipe. E aí a mulher acaba sendo passada como louca, se as pessoas próximas não acreditam em você”, desabafou Yasmin, em suma.

Com alfinetada, Yasmin Brunet mostra reencontro com Wanessa

Yasmin Brunet enfrentou uma depressão

Por causa da relação abusiva, Brunet relembra que entrou em um quadro de depressão: “Foi uma fase bem conturbada e difícil. Eu consegui terminar porque entrei em uma depressão absurdamente surreal. Voltei a ir na psicóloga e na psiquiatra, tive que me tratar”.

“E foi aí que elas me mostraram que, na verdade, essa culpa e tudo que eu estava sentindo não tinha nada a ver comigo. Graças a Deus estou 100% livre disso, mas ficam marcas. Fico com medo de me relacionar com outras pessoas, de cair nisso de novo de alguma forma, então é mais um motivo para não parar de fazer terapia”, concluiu a modelo.

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×