Príncipe Harry promete para o rei Charles que vai voltar ao Reino Unido

Por - 20/02/24

Príncipe Harry, entrevista na TV

Príncipe Harry respirou tranquilo quando seu pai, o rei Charles III, o recebeu para um rápido encontro na Inglaterra, após seu diagnóstico de câncer, e agora o esposo de Meghan Markle está disposto a hastear a bandeira da paz.

Príncipe Harry fala sobre a saúde do pai: ‘Isso une as famílias’

O duque de Sussex assumiu um papel de ‘pacificador’ em meio à suposta rivalidade com sua família na Inglaterra, e mudou seu discurso, afirmando que viajará em breve para o Reino Unido novamente.

Durante as celebrações do “One Year to Go” da “Invictus Games Vancouver Whistler 2025”, Harry se abriu para um bate-papo revelador no programa “Good Morning America”.

Falando ao jornalista Will Reeve, o duque não só abordou o diagnóstico do pai como também sugeriu a possibilidade de retornar ao Reino Unido este ano para se reunir com sua família.

Receba as Notícias de OFuxico em seu celular

Tom Pacifista

A autora real Dra. Tessa Dunlop, afirmou que Harry provou que “não está mais zangado” com sua família, depois de todos os conflitos e acusações.

Falando ao jornal “The Mirror” no início desta semana, a especialista disse:

“Harry e Meghan tiveram três dias ocupados na Colúmbia Britânica, preparando os competidores do próximo ano para os primeiros Jogos de Inverno Invictus”, começou dizendo.

Príncipe Harry evitou encontro com a rainha Camilla

“Mas o ‘compromisso de servir’ do príncipe não foi o que chegou às manchetes. Foram suas referências fugazes à família que chamaram a atenção de todos”, comentou.

“Harry foi direto. Assim que seu pai lhe disse que tinha câncer, ele pulou em um avião e visitou o rei”, justificou.

“Não por muito tempo (míseros 30-45 minutos), mas Harry se sentiu grato por qualquer momento com o pai”, afirmou a especialista, deixando claro que ele não reclamou de nada desta vez.

Informante revela detalhes do encontro de Harry e com Rei Charles

Bom Comportamento?

Dunlop continuou dizendo que a raiva que Harry tinha agora “desapareceu”, observando:

“A raiva se foi, este é Harry, o pacificador, o reconciliador. ‘Olha’, ele insistiu ‘Eu amo minha família’ antes de admitir que ‘qualquer doença, qualquer enfermidade une as famílias‘”, observou a mulher.

Ela então continuou: “O problema é que Harry não pertence a nenhuma família.”

“O trágico período de tempo que lhe foi concedido com o doente rei Charles (apesar das milhas aéreas e do custo) é um indicativo do mundo rarefeito que o pai do duque ocupa.”

Príncipe Harry pensa na cidadania americana

“Assim como sua avó, a falecida Rainha, ser Rei aos 75 anos é uma tarefa grande e perturbadora, especialmente quando você não está bem.”

“Harry provavelmente quis dizer isso quando disse que teve ‘sorte’ de ver seu pai, o que pode explicar por que o Duque agora está se comportando da melhor maneira possível”, sugeriu Dunlop.

“Quando questionado sobre a condição do rei, ele respondeu: ‘Isso fica entre mim e ele’…”

“Harry está claramente interessado em provar que é confiável, mas é muito pouco, muito tarde?”, perguntou a especialista.

Tags:

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.