BBB às 09:20

Ludmilla interferiu no jogo do BBB21? Cantora se defende de acusações

Divulgação/TV Globo

Gente que doideira! Após gritar ‘Respeita o Nosso Cabelo!’, durante show no BBB21, da madrugada deste domingo (4), Ludmilla foi atacada na web por pessoas que acharam que ela interferiu no jogo mandando um recado para João Luiz, que havia chorado mais cedo depois que Rodolffo comparou seu afro com a peruca que Caio estava usando no castigo do monstro, que imitava um homem da caverna.

Ludmilla usou as redes sociais para se defender e negou qualquer interferência no jogo.

"Acabei de chegar no hotel. Que show maravilhoso! Quanto tempo eu não subia no palco assim pra cantar, pra dividir energia. Foi muito bom, eu tô aqui muito feliz. Pra galera que tá falando que eu interferi no jogo ou alguma coisa do tipo, se vocês não sabem, semana passada eu acabei perdendo na justiça para uma racista e o juiz alegou liberdade de expressão. E ainda quer que eu pague os honorários dos advogados dela. Dorme com esse barulho aí”, disse. 

Enquanto isso, um texto na tela explicava que alguém chamou seu cabelo de palha de aço em TV aberta. "Então… ainda teve aquele produtor lá falando do funk", continuou, em referência a Rick Bonadio, que criticou quando Cardi B usou o ritmo em uma apresentação sua durante o Grammy. "Foram muitas coisas, sabe? Muitas coisas acontecendo durante essa semana e que eu tava engasgada com tudo isso. E o fato do João e da Camilla estarem comemorando é porque eles sofrem na pele, eles sabem o que é isso”, completou.

Horas antes, João chegou a chorar após comentário de Rodolffo. Ele desabafou com Camilla: "Eu não consegui demonstrar o que estava acontecendo: na hora de colocar a peruca do monstro, o Rodolffo falou assim: meu cabelo tá igualzinho o do João. Eu falei: não tá igual, é diferente. Eu fiquei muito desconfortável e eu não consegui falar porque eu me senti desconfortável. Eu fiquei pensando: cara, eu não sou o homem das cavernas."

"Então na hora que aconteceu, eu fui pra um lugar na minha cabeça que eu não imaginei que eu precisaria acessar, entendeu? E ao mesmo tempo, é aquele papo que eu tive lá no quarto assim com você, eu não quero tá nesse lugar de ficar toda hora corrigindo, sabe? Pra mim dói mais que um murro na cara, é muito doido", continuou João.