Meghan Markle recebe Paris Hilton em podcast e reclama de antigo trabalho na TV

Por - 19/10/22 às 14:00

Meghan Markle, em Deal or no Deal, Paris HiltonMeghan Markle recebe Paris Hilton em podcast e reclama de antigo trabalho na TV / Reprodução / YouTube / Instagram

Meghan Markle recebeu Paris Hilton no novo episódio de seu podcast para o Spotify, “Archetypes” e durante a conversa com a empresária e DJ, a duquesa de Sussex relembrou sua passagem pelo programa “Deal or no Deal” (Topa ou não Topa) onde era a responsável, junto com outras modelos de palco, de segurar uma maleta numerada e agora confessa que se sentia ‘objetificada’ nesse trabalho.

Leia+: Paris Hilton não perde a esperança de encontrar sua cachorrinha

Nesse episódio, Meghan explora os rótulos de “Bimbo” [mulher sexualizada, ingênua e sem inteligência] e “Dumb Blonde” [loira sexy e burra] e explora por que o cérebro e a beleza de uma mulher foram historicamente colocados um contra o outro.

“Havia uma ideia muito simples de como deveríamos parecer precisamente. Era tudo sobre beleza, e não necessariamente sobre cérebros”, revelou Markle.

Juntamente com Paris Hilton, que começou pedindo desculpas por prejulgá-la anteriormente por causa de seu estilo de vida, ela falou sobre as exigências da TV e como só importa para a telinha que as meninas tenham cílios volumosos, mega hair, seios fartos e um bronzeado caribenho.

Leia+: Netflix não quer negociar com os Duques de Sussex

“Eu tinha estudado Relações Internacionais na faculdade e me lembrei do meu trabalho como estagiária na Embaixada dos Estados Unidos na Argentina, em Buenos Aires, sendo valorizada especificamente pelo meu cérebro. Aqui, eu estava sendo valorizada por algo exatamente o oposto”, observou Markle.

Com Hilton elas enfatizaram o conceito de “loira burra” que tão facilmente surge na televisão para garotas bonitas que só procuram atrair espectadores:

“Fiquei grata pelo trabalho, mas não por como ele me fez sentir. E a propósito, eu estava cercada por mulheres inteligentes naquele palco comigo. Eu não gostava de ser forçada a ser toda aparência e pouca substância, e foi assim que me senti na época: ser reduzida a esse arquétipo específico”, disse Meghan.

Leia+: Príncipes de Gales viajarão aos Estados Unidos em dezembro

Paris Hilton também relembrou quando trabalhou com Nicole Richie no reality show “The Simple Life”, e afirmou que os produtores disseram a ela que queriam que ela fosse “a loira rica e burra”.

“Quase fiquei presa e perdida no personagem onde, em alguns pontos, era como se as linhas ficassem embaçadas ou como se eu tivesse esquecido quem eu era. Isso me deixa triste porque eu costumava ser um espírito tão livre.”, justificou a empresária.

TERAPIA

Meghan Markle se abriu sobre sua saúde mental em um novo episódio de seu podcast “Archetypes” no Spotify. Conversando com as atrizes Constance Wu, Jenny Slate e Deepika Padukone, a duquesa de Sussex revelou que o marido, Príncipe Harry, conseguiu encontrar uma terapeuta para ajudá-la em seu ‘pior momento’, durante um estado “terrível”.

Leia+: Duques de Sussex são os mais ‘pobres’ de Montecito

“No meu pior momento… meu marido encontrou uma referência para eu ligar. E eu liguei para essa mulher”, disse Markle, de 41 anos, no episódio “Decoding of Crazy” [decodificação do louco]. “Ela nem sabia que eu estava ligando para ela. Ela estava fazendo compras no supermercado. Eu podia ouvir o bip, bip, e eu estava tipo, ‘Oi’, e estou me apresentando… e dizendo que preciso de ajuda.”, contou.

Markle observou que a terapeuta “podia ouvir o estado terrível em que” ela estava.

“Eu acho que é [importante] para todos nós sermos realmente honestos sobre o que você precisa e não ter medo de fazer as pazes com isso, de pedir ajuda”, continuou.

Meghan comentou ainda que já foi rotulada de ‘louca’: “Me sinto muito forte sobre essa palavra. A maneira como é jogada tão casualmente e os danos que causou na sociedade e nas mulheres em todos os lugares… o estigma em torno da palavra também tem esse efeito silenciador”, continuou.

Leia+: Príncipe Harry revela seu verdadeiro nome e surpreende!

“Mulheres com problemas reais de saúde mental ficam assustadas, ficam quietas, internalizam e reprimem por muito tempo.”, justificou.

Em um determinado momento Markle então pediu às suas convidadas que levantassem a mão se já foram chamadas de “loucas”, “histéricas”, ou “completamente irracionais”, entre outros insultos.

“Se estivéssemos todos na mesma sala e pudéssemos nos ver, acho que seria muito fácil ver quantos de nós estamos com as mãos para cima”, justificando que ela também estava com a mão levantada.

“Meu marido trabalha muito com a comunidade militar como veterano e [ele costuma ouvir sobre] ferimentos invisíveis”, explicou Markle. “Se você sofre de estresse pós-traumático, é algo que você não pode ver. E se você não consegue ver, é apenas… varrida para debaixo do tapete.”, comentou, afirmando quão importante é buscar ajuda e não negar ajuda a quem realmente está precisando.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×