Ator de ’50 Tons de Cinza’ quase infarta por causa de lagarta

Por - 22/01/24

jamie dornan triste dentro de um carroFoto: Reprodução/Instagram @jamiedornan

Jamie Dornan, ator muito conhecido pela franquia de filmes “50 Tons de Cinza” e mais recentemente pelo filme “Agente Stone”, da Netflix, acabou sendo hospitalizado em Portugal e ficando com braços e pernas dormentes e outros sintomas de ataque cardíaco, após contato com lagartas tóxicas.

A revelação do fato aconteceu por meio de seu amigo apresentador de TV Gordon Smart, em participação no podcast “The Good, The Bad and the Unexpected”, que sofreu a mesma coisa do ator e o grupo de amigos que viajou junto ao país europeu, com sintomas muito parecidos.

Primeiramente, eles acreditaram estar sofrendo com sintomas de uma overdose de bebidas alcoólicas e café, entretanto, depois eles foram alertados dos esbarrões que tiveram com lagartas conhecidas como lagartas-do-pinheiro, enquanto jogavam golfe:

“Esbarramos com lagartas-do-pinheiro e tivemos sorte de sairmos dessa vivos. O Jamie me disse, ‘Meu Deus, Gordon, uns 20 minutos depois que você foi para o hospital, meu braço esquerdo ficou dormente, depois a minha perna esquerda, a direita e acabei indo parar em uma ambulância’”, revelou ele.

“Enfim, enquanto ele deixava o hospital, os enfermeiros o pediram por selfies, exatamente o que você quer quando está deixando um hospital’. Nós jogamos muito golfe, saímos, bebemos muito vinho, ficamos bêbados e depois tomamos café”, relembrou.

Descrevendo a internação

“No dia seguinte jogamos golfe e comecei a sentir os meus braços dormentes. O meu pai é médico, aí pensei, ‘esses são normalmente sintomas de um ataque cardíaco. Sou um cara saudável, mas quando você começa a pensar nisso, passa a ter certeza de que vai acontecer”, explicou o apresentador.

Smart acabou então pedindo um táxi, desmaiando no caminho e acordando em um leito hospitalar, e Dornan foi internado logo depois. Os médicos então investiram na tese de uma intoxicação alcoólica, mas os resultados dos exames feitos indicaram o contato com as lagartas tóxicas que são comuns nos campos em que jogaram golfe.

“O médico disse, ‘olha, além das bebidas, em algum momento vocês esbarraram com lagartas nos campos de golfe?’. Aí ele me mostrou um artigo sobre essa espécie conhecida como lagarta-do-pinheiro. Elas são muito comuns no sul de Portugal e matam cães e causam ataques cardíacos em jovens”, concluiu Gordon Smart.

---

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.