Kendall Jenner abre o jogo sobre namoro: ‘Não gosto de despedidas’

Por - 05/09/23 às 13:00

Kendall JennerKendall Jenner / Reprodução / Instagram /@kendalljenner

Kendall Jenner nunca foi de fazer comentários sobre sua vida amorosa ou expor sua vida pessoal, embora seus relacionamentos sempre são notícia na web, goste ela ou não. Mas agora em uma nova entrevista para a edição de setembro da revista “Harper’s Bazaar” a modelo de 27 anos confessou que considera sua intimidade ‘muito sagrada e privada’.

Falando sem muitos detalhes sobre seu namoro com o cantor Bad Bunny, com quem começou a sair no começo do ano, ela disse: “Eu amo muito e amo sem desculpas”, assegura em sua matéria de capa, deixando claro que vai fazer de tudo para que esse relacionamento funcione.

“Não gosto de despedidas e vou lutar para não ter que me despedir. Sempre lutarei pelos relacionamentos. Sou assim desde pequena, embora fosse tímida e às vezes muito fechada. Eu não desisto de nada. Algumas pessoas não estão dispostas a me conhecer nesse nível. Mas está tudo bem. Prefiro fazer isso do que me fechar para alguma coisa e não dar uma chance adequada.”

Jenner e Bad Bunny optaram por não comentar publicamente sobre seu romance, e ambos desconversam cada vez que são questionados sobre esse assunto.

Em junho passado, Jenner disse à revista “WSJ” que não tinha comentários sobre seu relacionamento: “Eu tento encontrar o equilíbrio entre manter as coisas privadas e sagradas, [e] também não permitir que a infeliz frustração e o estresse de todos que tentam entrar nisso me impeçam de aproveitar o meu lado”, disse ela.

Bad Bunny também comentou sobre seu relacionamento em uma entrevista à “Rolling Stone”, dizendo: “Eu sei que algo vai acontecer. Eu sei que [as pessoas] vão dizer alguma coisa. As pessoas sabem tudo sobre mim, então o que resta para eu proteger? Minha vida privada, minha vida pessoal. Essa é a única resposta. No final, a única coisa que tenho é a minha privacidade.”

Antes de sair com o cantor, Jenner namorou as estrelas da NBA Devin Booker (2020–2022), Ben Simmons (2018–2019) e Blake Griffin (2017–2018), entre outros.

Sentimentos

Recentemente em conversa com a revista do “WSJ” [Wall Street Journal], a modelo e empresária de 27 anos afirmou que, apesar da grande união dela com as irmãs, não se sente como uma Kardashian.

Filha do segundo casamento de Kris Jenner com o pai Caitlyn Jenner [antes Bruce Jenner], Kendall, que também tem a irmã de pai e mãe Kylie Jenner, confessa que se sente mais como a ‘filhinha do papai’, do que mais uma das Kardashians.

“Eu obviamente entendo que caio sob o guarda-chuva das irmãs Kardashians… o que é estranho para mim… porque sou igual ao meu pai em muitos aspectos. Eu sou uma Jenner, na minha opinião.”, assegura.

A mãe de Kendall confirmou o sentir da filha: “Desde que ela era uma garotinha, ela parecia realmente definida sobre quem ela é e como ela quer fazer isso.”, justifica.

O estilista Marc Jacobs, que falou sobre a modelo na entrevista, insistiu que nunca escalou Kendall para suas campanhas, por causa de seu nome famoso.

Quando a recrutou em 2014 para seu primeiro desfile, ele relembrou: “Ela era Kendall, ela não era Kendall Jenner, ela não era a irmã mais nova de Kim.”, explica.

Kendall admitiu que estar no centro das atenções não é para ela, mas ela se acostumou com isso.

“Nasci nesta vida, mas não escolhi esta vida. Não sou boa nisso. Eu faço isso e aprendi como fazer.”, comenta, embora confessa que essa vida sob o holofotes trouxe a ela uma certa ansiedade quando está no meio da multidão e acha frustrante que as pessoas confundam sua quietude com hostilidade.

“Eu sei que estou aqui para trabalhar e há uma parte de mim que está se divertindo e há uma parte de mim que está apenas muito ansiosa porque eu nem sempre gosto de grandes multidões, provavelmente por algumas razões óbvias… sinto que qualquer coisa que faço, qualquer coisa, é odiada. Posso estar andando na rua sem fazer absolutamente nada e alguém sempre tem algo ruim a dizer. A narrativa ficou tão fora de controle sobre mim e minha família que simplesmente não há mais como mudá-la.”

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×