Ana Maria Baga revela câncer no ânus, proveniente do HPV. Entenda a doença!

Por - 01/04/24

Ana Maria Braga de camisa branca e colete pretoAna Maria Braga teve câncer quatro vezes, mas somente agora revelou o segundo diagnóstico - Foto: Reprodução/ TV Globo

Ana Maria Braga enfrentou – e venceu – o câncer quatro vezes: 1991, 2001, 2015 e 2020. Entretanto, somente agora a apresentadora decidiu contar detalhes do segundo diagnóstico, proveniente do vírus do HPV. 

Receba as notícias de OFuxico no seu celular

“Quando eu consegui descobrir o que eu tinha, ele já estava adiantado. E aí eu tinha uma chance mínima de sobrevivência. Então, é muito assustador”, contou ela no Fantástico, exibido na Globo na noite de domingo, 31 de março.

A loira contou que, primeiramente, o médico explicou o que tinha provocado a doença, um vírus que, até então, ela desconhecia: “Era proveniente do HPV. Não tinha a mínima informação”, afirmou.

Ana Maria Braga ainda não está 100% livre do risco de câncer

A artista de 75 anos ainda ressaltou que o paciente oncológico não deve se sentir culpado: “Você não tem culpa porque você é uma mulher sexualmente ativa. Você é mãe, não tem como ser mãe sem ser sexualmente ativa”, disse.

Acho que a sexualidade tem que ser encarada da forma que ela é. É uma coisa natural, feita da natureza, senão a gente não estaria aqui”.

Baixa adesão da vacina

Embora haja disponibilidade da vacina contra o HPV no Sistema Único de Saúde (SUS), há dez anos, a adesão ainda é baixa, principalmente devido à desinformação: “Tem agora a vacina meu Cristo, isso é ouro puro”, comentou Ana Maria Braga. 

Distribuída para pessoas de 9 a 14 anos e para imunossuprimidos (pacientes que possuem o sistema imune fragilizado por conta de determinadas condições), a vacina está sobrando nos postos.

Disponível na rede privada para adultos, com custo de cerca de R$ 1 mil a dose, a vacina contra o HPV está disponível inclusive por quem já teve contato com o vírus.

O que é o HPV

Trata-se de um vírus cuja abreviatura significa papilomavírus humano. Existem diversos subtipos deste vírus, que podem causar desde verrugas em pele e mucosas até lesões precursoras de câncer.

Ana Maria Braga teve câncer de mama

Classificados em tipos de baixo e alto risco para câncer, os mais frequentes e causam sobretudo verrugas no trato genital. Já os que têm potencial capacidade de causar câncer de colo do útero, chamados de oncogênicos, especialmente o HPV-16 e HPV-18, presentes em cerca de 70% dos cânceres cervicais.

A cobertura vacinal contra o HPV no Brasil está abaixo dos 80% desejados pelo Ministério da Saúde. A vacina é dada em duas doses. A primeira tem um pouco mais de adesão, mas muita gente não aparece para tomar a segunda, principalmente os meninos.

Quais os tipos de HPV

Os tipos de HPV encontrados nas membranas mucosas são, às vezes, chamados de HPV genital. Eles geralmente não vivem na pele. O HPV genital não é o mesmo que o HIV ou o herpes. O HPV está dividido em dois grupos principais:

HPV de baixo risco – alguns tipos de HPV podem causar verrugas (papilomas) nos genitais e no ânus de homens e mulheres. As mulheres também podem ter verrugas no colo do útero e na vagina. Por raramente causarem câncer, acabam classificados como vírus de “baixo risco”.

HPV de alto risco – outros tipos de HPV são chamados de “alto risco” porque podem causar câncer em homens e mulheres. Os médicos se preocupam mais com as mudanças celulares e com os pré-cânceres relacionados a esses tipos, pois existe maior chance de desenvolvimento de câncer ao longo do tempo. Os tipos comuns de HPV de alto risco incluem o HPV 16 e 18.

A infecção pelo HPV é muito comum. Na maioria das pessoas, o corpo é capaz de eliminar a infecção por conta própria. Mas, às vezes, a infecção não desaparece. Infecções crônicas ou de longa duração, especialmente quando são causadas por certos tipos de HPV de alto risco, podem causar câncer a longo prazo.

---

Tags: ,

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino