Ana Hickman desabafa: ‘Eu ainda vou contar um outro final dessa história’

Por - 26/11/23

Ana Hickman desabafa: ‘Eu ainda vou contar um outro final dessa história’

Ana Hickmann falou pela primeira vez sobre o drama que está vivendo desde que veio à tona um caso de violência envolvendo seu marido, Alexandre Correra. A entrevista foi exibida neste domingo, 26 de novembro, pelo “Domingo Espetacular”, da Record TV.

Alexandre Correa rebate informações e desabafa sobre ausência do filho

Em uma conversa com Carolina Ferraz, Ana deu detalhes de seu relacionamento com Alexandre e deixou claro que  que o casamento estava ruindo há tempos.

A apresentadora contou que entrou  com pedido de divórcio litigioso e medida protetiva baseando-se na Lei Maria da Penha — que protege a mulher de qualquer violência doméstica, psicológica e familiar, independentemente do tipo de ameaça, lesão ou omissão.

Dia da briga e proteção ao filho

“Já tive na minha vida episódios muito difíceis e parece que isso não vai acabar tão cedo. Naquele dia 11 eu estava tendo uma conversa com meu filho sobre algumas mudanças que poderiam acontecer nas nossas vidas.

A briga começou e infelizmente acabou do jeito que o Brasil descobriu”

Ticiane Pinheiro faz Ana Hickmann rir em meio a momento difícil

“Ele começou a reclamar que eu não tinha direito de falar daquele jeito com nosso filho, que a gente não ia perder nada. A briga começou a ficar mais acalorada e o Alezinho se levantou da mesa e começou a gritar ‘parem de brigar.

Eu olhei pra ele e disse ‘para de mentir pro nosso filho, para de mentir pra mim’. Dias antes eu achei coisas no escritório e ele não esperava que eu iria chegar mais cedo”.

Alexandre de Correa nega ter agredido Ana Hickmann

O Alezinho começou a gritar, pedindo pra parar. Então ele correu para a piscina. Ele foi atrás dele e começou a falar ‘sua mãe está mentindo, ela é louca’. E eu falava ‘para com isso, você está criando mais uma vez uma mentira’, e aí o negócio começou a esquentar. Eu pedi pra uma pessoa que trabalha em casa pessoa levá-lo para a parte de trás da casa”.

Momentos de Pavor

“O Alexandre começou a gritar e veio pra cima de mim com o corpo e eu falei assim: ‘Você vai me bater?’. Aí ele jogou o corpo e veio pra cima. Não me acertou porque eu me esquivei”.

Eu disse: ‘Se você vier pra cima de mim eu vou chamar a polícia. Ele tentou me abraçar pra não deixar eu chamar a polícia. Aí eu comecei a gritar, gritei muito: ‘socorro, chama a polícia 190’.

Consegui me desvencilhar dele e fui pra cozinha. Ele tentando segurar a porta aberta e eu queria fechar. Aí ele fecha a porta com toda a força aqui no meu braço, no cotovelo. Os cachorros viram e começaram a latir, vieram pra cima dele e eu gritei ‘pega!’. E ele [o cachorro] atacou.

Eu comecei a gritar mesmo, porque ele não me soltava, fiquei com medo dele. Nessa fração de 15 segundos, eu me sentei, botei o telefone em cima da mesa e ele tentou pular a janela. Foram três toques e a polícia me atendeu do outro lado. Ainda bem que eles me atenderam, se não eu não sei o que iria acontecer”.

Após polêmica, empresa de Ana Hickmann vence processo e recebe indenização

Relacionamento tóxico e falta de apoio

“[A relação] era tóxica há bastante tempo. Tentei me desvencilhar algumas vezes, mas as pessoas ao meu redor tentavam te convencer que eu estava errada. O Alexandre sempre teve um temperamento muito difícil. Explosivo. Até então nunca foi nada físico, mas explosivo, de falar. Acabei me acostumando a ouvir muitas coisas. Eu tentei me desvencilhar dessa relação, mas pessoas que estavam do meu lado tentavam dizer que eu estava errada. Eu me acostumei com o jeito dele e depois eu vi que não existia mais amor ali, era um grande negócio”.

Ana Hickmann posa com o filho e diz que ‘vai dar tudo certo’

Como é Alexandre

“Preconceituoso pra caramba, eu me acostumei com isso, mas no final do ano passado isso começou a ficar pior.

Ele controlava minha agenda para qualquer coisa e não falo só de trabalho. Determinava dia de academia, médico. No dia 1º de janeiro deste ano, olhei para ele e falei: ‘chega, eu não sou um objeto. Marido e mulher aqui não existe mais’. Tirei ele do meu quarto, tirei a aliança da minha mão”.

Ana Hickmann já expôs problema do marido com jogos de apostas

Mentiras e fraudes

“Não posso entrar em detalhes, porque a investigação corre sob sigilo. O que eu posso dizer é que na quinta que antecedeu a agressão na minha casa, eu encontrei documentos, cheques, muita coisa. Assinaturas que tenho certeza de que não são minhas. Existe uma grande investigação de fraude, desvio e falsidade ideológica e eu tenho que esperar pra sabendo o tamanho disso tudo”.

Foi um covarde, um canalha, que acha que tem poder e domínio sobre os outros. Eu tô com muito medo dele, comecei a me deparar com grandes mentiras, minha vida desmoronou.

Só aí eu fui saber o que estava acontecendo. Sobre as dívidas, não faço a menor ideia porque eu ainda não cheguei no fundo… Resolvi abrir as gavetas e tive a certeza de que havia muito problemas de outras naturezas e isso sim me faz ter bastante medo”.

Ana Hickmann revela pedido do filho, Alexandre, em oração

A dor de Ana

“Sou eu que estou aqui machucada e fui machucada durante muito tempo”.

A apresentadora contou que o marido sempre fazia questão de desmerecê-la, cobrar a perfeição estética e até pressioná-la a começar a fazer cirurgias plásticas: “Ninguém quer uma pessoa muito velha, ninguém quer uma gorda… você está gorda, heim? Tá com quantas arrobas?’

Ana Hickmann posta mensagem de ‘fé e força’, após sofrer agressão

Planos para desacelerar

Pouco antes de sua vida virar de ponta cabeça, Ana fazia planos de trabalhar menos e se dedicar mais a família: “Eu pensei: ‘vou poder viver tudo que sempre sonhei, trazer minha família para perto, por mais que ele tentasse sempre tirar todo mundo de perto de mim”.

Ana Hickman desabafa: ‘Eu ainda vou contar um outro final dessa história’
Ana fala sobre seu pai violento e abusivo – Reprodução Record TV

Pai violento e abusivo

Ana também abriu o seu coração e contou que na infância sentiu na pele o drama da agressão. Seu pai sempre foi violento e agredia sua mãe frequentemente. “Meu pai nunca apareceu ao meu lado porque um agressor. Meu pai batia muito na minha mãe… e eu jurei que nenhum homem me tocaria pra fazer isso. Só que eu permiti que fizessem isso de outra forma. Essa marca que tenho na mão é dele [o pai].

Até que eu fiz uma mochila, peguei todo mundo [os irmãos] e fui embora. Foi aí que minha mãe tomou coragem pra dar um basta. Ela o tirou de casa, mas a violência não parou.

Após agressão, Ana Hickmann avisa: ‘Ninguém vai me parar’

Naquele sábado ela [a mãe] esteve comigo em casa, até então pra ela o Alexandre era o genro perfeito. Eu olhei pra minha mãe, sentei ela na cama do meu quarto e falei ‘eu não posso repetir o que a senhora fez’.

Ao final da entrevista, chorando muito, Ana deixou claro que uma nova mulher nasceu de toda essa dor. “A gente não precisa ser mulher de malandro. A lei é cada vez mais forte e a gente tem que saber usar. A lei é para todas as mulheres não apenas pra Ana Hickman. A gente só tem que saber usar e ter coragem.

Não sei por onde recomeçar, mas eu vou recomeçar. Eu não tenho medo do futuro, não tenho medo de muitas coisas porque fui de família humilde. Quero que a minha coragem sirva para que outra mulher sem coragem, tenha coragem pra acabar com isso”.

Confiante no futuro, Ana Hickman garante: “Eu ainda vou contar um outro final dessa história”.

Marido de Ana Hickmann pode ser acusado de violência contra o filho. Entenda!

Tags:

Idealizadora do site OFuxico, em 2000 segue como CEO e Diretora de Conteúdo do site. Formada em jornalismo pela Faculdade Casper Líbero, desde os anos 1980 trabalha na área do jornalismo de entretenimento. Apaixonada por novelas, séries, reality, cinema e estilo de vida dos famosos.