Mulher de Davi fala de preconceito por relacionamento com participante do BBB 24

Por - 20/02/24 às 08:10 - Última Atualização: 4 março 2024

Enquanto Davi segue firme e forte na casa do BBB 24, sua mulher Mani Reggo segue sua luta com força e determinação. Mani não se cala diante do preconceito e etarismo que tem marcado sua experiência nas redes sociais.

BBB 24: ’Vou ficar em choque’, diz Yasmin se Fernanda não sair

Aos 42 anos, essa empreendedora e assistente social se viu no centro de discussões não por suas conquistas profissionais, mas pela diferença de idade em seu relacionamento. Num movimento corajoso, ela decidiu abrir o jogo sobre o que sente e pensa, em um vídeo divulgado pela defensoria pública da Bahia.

BBB 24: Sincerão cruel tritura cartas de familiares e provoca choradeira e revolta

Entre preconceitos e desafios

Em primeiro lugar, Mani não esconde o impacto das críticas que recebe online. “Se fosse um homem mais velho com uma mulher mais jovem, não teria tanta repercussão e nem seria atacado desta forma”, reflete trazendo à tona a dupla medida que a sociedade impõe quando o assunto é relacionamento e idade.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Ao mesmo tempo a baiana enfatiza que a luta das mulheres por direitos e respeito ainda encontra barreiras arraigadas em preconceitos e estereótipos de gênero.

Mais do que números

Além da idade, Mani aponta para outros fatores que intensificam o preconceito, como raça e classe social.

“O fato de você ser negra, pobre, tudo isso interfere”. desabafa, destacando como as camadas de discriminação se sobrepõem e potencializam os ataques que recebe. É uma reflexão dolorosa sobre como a sociedade ainda julga e rotula as mulheres, confinando-as a padrões inalcançáveis de beleza, comportamento e sucesso.

BBB 24: Fernanda chora, desabafa e se declara a Pitel

Uma luta pela igualdade

Por outro lado, a defensoria pública da Bahia compartilhou o vídeo de Mani, reforça uma mensagem crucial: a juventude não é o único valor pelo qual as mulheres devem ser medidas.

Conforme envelhecem, enfrentam não apenas o etarismo, mas também expectativas irreais que minimizam suas conquistas e histórias. “É hora de desafiar o etarismo e o machismo para construir um mundo mais justo e igualitário!”, conclui a instituição.

BBB 24: Cartas trituradas mudam totalmente o jogo. Resumo!

Veja abaixo a mensagem postada pela Defensoria Pública da Bahia como legenda do vídeo gravado por Mani Reggo:

“Etarismo, a discriminação baseada na idade, é uma realidade muitas vezes silenciosa que afeta profundamente as mulheres em nossa sociedade. Desde cedo, são ensinadas que a juventude está ligada ao valor pessoal, e, à medida que envelhecem, enfrentam estigmas e expectativas irreais.

Mani Rêgo, empreendedora baiana, mãe, assistente social de formação, e companheira do participante do BBB 24 Davi Brito é somente mais uma entre diversas mulheres que sofrem com essa discriminação.

BBB 24 – Enquete OFuxico: Quem você quer que saia no nono paredão?

Pelo fato de possuir uma diferença de idade de 20 anos em relação ao companheiro, vem sofrendo ataques etaristas por meio de mensagens, entrevistas e páginas na internet. E, apesar de tantos atributos que qualificam, é constantemente reduzida como “a mulher mais velha” ou “a mulher que tem o dobro da idade de Davi”.

Isso apenas nos mostra como ainda temos um longo caminho a percorrer na nossa sociedade para redução da desigualdade de gênero. A idade não define beleza, inteligência ou valor das mulheres. Cada uma tem histórias para contar, conquistas para celebrar e contribuições para fazer, em todas as fases da vida. É hora de desafiar o etarismo e o machismo para construir um mundo mais justo e igualitário!

Tags: ,

Idealizadora do site OFuxico, em 2000 segue como CEO e Diretora de Conteúdo do site. Formada em jornalismo pela Faculdade Casper Líbero, desde os anos 1980 trabalha na área do jornalismo de entretenimento. Apaixonada por novelas, séries, reality, cinema e estilo de vida dos famosos.


×