Pete Davidson revela que estava drogado no funeral de Aretha Franklin

Por - 11/01/24 às 01:00 - Última Atualização: 10 janeiro 2024

Pete Davidson em especial da NetflixPete Davidson em especial da Netflix / Reprodução YouTube

A Netflix estreou o novo especial de Pete Davidson, “Turbo Fonzarelli”, e no programa o comediante fez algumas surpreendentes revelações sobre o abuso de substâncias. Ele admitiu que em 2018 quando acompanhou a então noiva Ariana Grande ao funeral de Aretha Franklin, ele estava sob o efeito de cetamina, droga usada para o tratamento de depressão. A mesma encontrada em grandes doses no exame toxicológico de Matthew Perry, e que contribuiu para sua morte.

Pete lamentou ter saído em público assim: “Estou envergonhado por ter saído de casa daquele jeito. Isso não é legal”, afirma.

Davidson então brincou que Franklin “nunca saberá” que ele estava chapado, mas acrescentou: “Ainda assim, esse não é o ponto”.

O ex-integrante do “Saturday Night Live” afirmou que a substância o fez colocar o pé na boca na frente dos parentes da falecida intérprete de “Respect”: “Eu estava tão chapado que pensei que seria uma boa ideia ir até a família dela e dizer: ‘Ei! Estou aqui apenas para prestar meus R-E-S-P-E-C-Ts’”, ele brincou, fazendo o público explodir em gargalhadas.

Davidson continuou brincando sobre sua presença no funeral da artista, que morreu depois de uma longa luta contra o câncer, e disse que se ela estivesse presente, provavelmente teria perguntado: “’Ei! Quem é você e o que diabos você está fazendo no meu funeral?’ É constrangedor”, acrescentou o comediante de 30 anos.

Pete Davidson se envolve em grave acidente

Pete Davidson compareceu ao funeral como acompanhante da noiva Ariana Grande que foi convidada para se apresentar em homenagem à Rainha do Soul.

Na época, Ariana também causou polêmica, ao subir ao palco da cerimônia usando um polêmico minivestido para cantar “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman”.

Luta contra o Vício

O ator esteve em reabilitação várias vezes, inclusive em 2017 e 2019, e mais recentemente, em junho de 2023, depois de lutar contra o transtorno de personalidade limítrofe e transtorno de estresse pós-traumático.

“Pete vai regularmente à reabilitação para ‘ajustes’ e para fazer uma pausa mental, então é isso que está acontecendo”, um amigo revelou na época.

Um assessor do comediante assegurou ao jornal “The New York Post” que ele não continua usando cetamina, embora os médicos que a prescrevem garante que é uma droga segura ‘quando administrada por profissionais da saúde treinados’ para tratar depressão ou TEPT.

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×