Quem é Junior Vianna, artista diagnosticado com leptospirose?

Por - 15/12/23 às 06:39

Cantor de forró Júnior Vianna montado em um cavalo, de calça e camisa preta, blusa jeansJúnior Vianna - Foto: Divulgação

Diagnosticado com leptospirose, o cearense Junior Vianna está internado desde o último sábado, 09 de Dezembro, em um hospital de Fortaleza.

Amanda Bynes reaparece após internação

Em sua última aparição nas redes sociais, o forrozeiro contou que estava há pelo menos cinco dias sentido muitas febres e intensas dores no corpo que impediam, inclusive, sua locomoção.

Desde que foi internado Vianna fez vários exames para descobrir seu problema de saúde. Diante do diagnóstico, uma grande corrente de oração de familiares, amigos, fãs e companheiros de palco se formou pela pronta recuperação do cantor de forró.

Natural da cidade de Iracema, no interior do Ceará, Junior Vianna canta músicas de forró com temáticas voltadas a vida do vaqueiro e do interior. Atualmente Vianna tem um repertório mais voltado para o piseiro.

Gravação de DVD cancelada

A equipe do cantor emitiu um comunicado informando que Junior Vianna começou a passar mal no dia 9 deste mês e está internado em um hospital de Fortaleza, passando por tratamento de saúde.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular

Ainda segundo o comunicado, toda a agenda de shows do cantor para esta semana foi cancelada, assim como a gravação de um DVD que iria ocorrer no sábado, 16 de Dezembro, em Iracema.

Junior cancelou outros seis shows, programados para cidades do Ceará e do Piauí, incluindo Jijoca de Jericoacoara (CE), Timonha (CE), Porto Alegre (PI), Nossa Senhora dos Remédios (PI), Horizonte (CE) e Altaneira (CE) nos dias 12, 14, 15, 16 e 17, respectivamente.

O que é a Leptospirose? 

A leptospirose é uma doença infecciosa febril aguda que é transmitida a partir da exposição direta ou indireta à urina de animais (principalmente ratos) infectados pela bactéria Leptospira.

Leptospirose já rendeu treta entre Ratinho e Aguinaldo Silva

Sua penetração ocorre a partir da pele com lesões, pele íntegra imersa por longos períodos em água contaminada ou por meio de mucosas. 

O período de incubação, ou seja, intervalo de tempo entre a transmissão da infecção até o início das manifestações dos sinais e sintomas, pode variar de 1 a 30 dias e normalmente ocorre entre 7 a 14 dias após a exposição a situações de risco.

A doença apresenta elevada incidência em determinadas áreas além do risco de letalidade, que pode chegar a 40% nos casos mais graves.

---

Tags: ,

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×