George Clooney fala do maior arrependimento na carreira

Por - 24/12/23 às 08:00 - Última Atualização: 23 dezembro 2023

George ClooneyGeorge Clooney / Reprodução Tv / YouTube

Parece que “Batman” ainda é um grande arrependimento na carreira do ator George Clooney. Embora ele tenha aceitado fazer uma pequena participação como o personagem no filme de 2023, “The Flash”, com Michael Keaton, o vencedor do Oscar, de 62 anos, avisou que jamais voltará à pele do ‘homem morcego’.

George Clooney revela objetivo de fim de anos com os filhos

Clooney confessou que até hoje lida com as críticas por interpretar pelo filme “Batman e Robin” de 1997, ao lado de Arnold Schwarzenegger e Uma Thurman, e disse à revista “Entertainment Weekly” que nunca mais aceitaria o papel no futuro:

“Não acho que haja drogas suficientes no mundo para eu voltar novamente”, brincou.

George queria usar o mesmo traje que usou em seu filme do Batman em “The Flash”, com seu visual famoso por seus mamilos de borracha: “Eles disseram: ‘Podemos fazer isso sem os mamilos de borracha? Eu estava tipo, ‘Bem, não é realmente o meu Batman, é?’”

Reprodução TV / Warner Bros. / George Clooney, Batman

George Clooney faz revelação sobre Matthew Perry

O ator já zombou de sua vez como Batman, dizendo ao Deadline em 2013 que isso funciona como “um lembrete preventivo do que pode acontecer quando você faz filmes apenas por motivos comerciais”.

Ele também admitiu no podcast “Awards Chatter”, do “The Hollywood Reporter”, seis anos depois, que ‘Batman e Robin’ “não era um bom filme”, e ele o classificou como um “fracasso” em 2019, que lhe ensinou uma lição.

Receba as Notícias de OFuxico em seu celular

Ele disse: “Tive que repensar como estava trabalhando (depois disso). Porque agora eu não era apenas um ator conseguindo um papel, estava sendo responsabilizado pelo filme em si”.

O filme “Batman & Robin”, de 1997, foi um fracasso de bilheteria, apesar de ter estreado no topo das bilheterias dos Estados Unidos, com US$ 42,8 milhões em seu primeiro fim de semana de estreia. O filme arrecadou um total de US$ 102,1 milhões nos Estados Unidos e US$ 136 milhões no resto do mundo, totalizando US$ 238 milhões globalmente.

George Clooney dirigiu filme, da cama

O orçamento do filme foi de US$ 110 milhões, o que significa que o filme não foi lucrativo.

O fracasso de bilheteria do filme foi atribuído a uma série de fatores, incluindo a crítica negativa e a suposta falta de química entre os protagonistas, George Clooney e Chris O’Donnell.

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×