Gloria Pires comenta polêmica do selinho com Cleo e aborda a educação Digital

Por - 11/09/23 às 09:40

Gloria Pires, de cabelos curtos e grisalhos, olhando para o ladoFoto: Reprodução Instagram @gpiresoficial

A atriz Gloria Pires fez sua primeira declaração pública, após um vídeo em que ela e sua filha Cleo trocam um selinho viralizar nas redes sociais. Nas imagens, a veterana atriz entrega um pedaço de bolo à primogênita, que retribui o gesto carinhoso com um beijo nos lábios da mãe. O vídeo rapidamente se espalhou pelas redes sociais, gerando opiniões divergentes.

A atitude de Gloria e Cleo foi alvo de críticas por parte de algumas pessoas, enquanto outras defenderam o afeto entre elas. No ar em “Terra e Paixão” como a vilã Irene, revelou que não sabia da repercussão do selinho entre mãe e filha.

“Faço isso desde que eles eram bebês. É assim: quem gosta beija, quem não gosta não beija. Meus filhos não são obrigados a aceitar. O Bento, por exemplo, quando fez 17 anos falou ‘mãe, não quero mais que você me beije na boca’. Disse: ‘ok’. Não sei se essa repercussão é de pessoas radicais, mas acho que é uma opinião de quem não tem com quem dividir carinho”, explicou Gloria.

Como mãe de Cleo (40), Antônia (31), Ana (23) e Bento (18), a atriz também expressou sua preocupação com o conteúdo gerado por quem busca engajamento a qualquer custo nas redes sociais.

“As redes sociais são muito perversas. A própria estrutura delas é muito cruel no sentido de que o tempo todo as pessoas querem engajamento, seja pelo escândalo, tragédia ou desgraça. Acaba que as pessoas mesmo geram isso. Tem os produtores de fake news que lucram muito.”

Quando questionada sobre a repercussão do beijo com Cleo nas redes sociais, Gloria expressou seu desejo de criar um curso de educação digital, para conscientizar as pessoas sobre o tipo de conteúdo que consomem.

“Percebo que a falta de educação digital não é apenas um problema dos idosos que não sabem como lidar com as nuances do mundo digital, mas, principalmente, uma questão para os jovens. Vemos um aumento nas taxas de suicídio e situações abusivas que as pessoas enfrentam, e isso muitas vezes é resultado da estrutura das redes sociais. A única maneira de mudar isso é fazendo com que as pessoas entendam que precisam seguir as contas certas. Essa ignorância é o que nos leva a acreditar em notícias falsas.”

“Eu reparo que a falta de educação digital não é um problema dos idosos, de não saberem lidar com as pegadinhas do mundo digital, é sobretudo um questão para os jovens. A gente vê a quantidade de suicídios e de situações abusivas que as pessoas passam, mas isso é gerado pela própria estrutura da rede social. A única forma de mudar isso é a pessoa entender que não está seguindo as contas certas. Essa ignorância é que faz a gente acreditar nas fake news”, concluiu a atriz, em entrevista ao Extra.

Confira o vídeo que causou comentários infelizes:

Tags:


×