Mocidade Alegre é bicampeã do Carnaval de São Paulo

Por - 13/02/24 às 18:22

Mocidade AlegreCláudio Augusto/Brazilnews

No início da tarde desta terça-feira, 13 de fevereiro, a TV Globo transmitiu a apuração das notas das escolas de samba de São Paulo. 14 escolas disputaram o título de campeã.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

E a grande campeã foi a Mocidade Alegre com 270 pontos, repetindo o título de 2023. Já na metade da apuração Mocidade e Dragões da Real já estavam em uma disputa acirrada.

No total foram nove quesitos avaliados: Evolução, Comissão de Frente, Fantasia, Enredo, Samba-Enredo, Bateria, Alegoria, Mestre-sala e porta-bandeira e Harmonia.

Neste 2024, a paulistana, locutora de rádio Eloise Matos foi a escolhida na nova voz da apuração das notas do Carnaval de São Paulo. Após 30 anos, Antônio Pereira da Silva, o Zulu, de 75 anos, deixou a função.

apuração são paulo
Integrantes das escolas na apuração – Foto (Cláudio Augusto/Brazilnews)

Veja a ficha técnica da Mocidade

Enredo: “Brasiléia Desvairada: a Busca de Mário de Andrade por um País
Carnavalesco: Jorge Silveira
Diretor de Carnaval: Junior Dentista
Intérprete: Igor Sorriso
Mestre de Bateria: Mestre Sombra
Rainha da bateria: Aline Oliveira
Mestre-sala e Porta-bandeira: Diego Motta e Natália Lago
Comissão de Frente: Jhean Allex
Famosos: João Luis Pedrosa, Thelminha e Taiguara Nazareth

Confira a letra do samba

Sou dessa terra Filho da garoa fina
Onde a dura poesia, me fez arlequim
Retalho de um delírio insano, Sagrado e profano, por tantos brasis
Trilhando caminhos de crença e paz
Dourado é teu chão… oh Minas Gerais!
Eu vi no traço genial
A arte barroca, um dom divinal

Jangadeiro ê… no banzeiro
No balanço navego teu rio-mar
Pra conhecer o teu sabor Marajó
Tem batuque na gira do carimbó

Baque virado, marimba na congada
Noite enluarada, no maracatu da Casa Real
Fechei o corpo no catimbó
No frevo, saudade só
Me embriaguei de carnaval
Oh Brasiléia Desvairada
Onde a poesia fez morada
De cada lembrança, escrevo a história
Batizada no samba de Pirapora

O tambor me chamou, pra firmar no terreiro
Em cada verso, sentimento verdadeiro
Bordei um país de felicidade
Na voz da minha Mocidade

Tags: ,

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.


×