Robert De Niro abre o jogo sobre a paternidade aos 80: ‘Não faço o trabalho pesado’

Por - 17/10/23 às 22:22

Robert De NiroRobert De Niro / Reprodução TV / YouTube

Robert De Niro confessou como está sua vida, depois de descobrir sua nova paternidade, tendo uma bebê de seis meses em casa, agora aos 80 anos. Em uma conversa com o jornal inglês “The Guardian”, o ator vencedor do Oscar revelou o quão envolvido está na criação da pequena Gia com sua namorada, Tiffany Chen.

De Niro, que está promovendo seu novo filme de Martin Scorsese com Leonardo DiCaprio, “Assassinos da Lua das Flores” [Killers of the Flower Moon], que estreia dia 19 de outubro nos cinemas e, posteriormente, na plataforma AppleTV+, também falou na entrevista sobre seus pensamentos sobre a morte e como ele os aborda à medida que envelhece.

Quando questionado sobre como estavam as coisas com sua filha Gia, Robert disse que estava “indo bem”, acrescentando: “Você nunca sabe o que vai acontecer. [Crianças] surpreendem você.”

Sobre ser pai de sete filhos, ele admitiu: “Não existe nada mais fácil… É o que é. Tudo bem. Quero dizer, eu não faço o trabalho pesado. Estou lá, apoio minha namorada. Mas ela faz o trabalho. E temos ajuda, o que é muito importante”, explicou.

Ele disse que gostava de “todos” os aspectos da paternidade: “É diferente do meu filho de 11 anos, dos meus filhos adultos. Meus netos. É tudo diferente”, justificou.

“Bem, eu não falo com meus filhos adultos da mesma forma que falo com minha bebê. Ou a maneira como falo com minha filha de 11 anos, embora ela seja muito esperta”, afirmou.

O ator comentou ainda que um de seus objetivos para o futuro é apenas ‘permanecer vivo’, brincou.

“É claro que penso nisso [na morte]… na minha idade… Você pensa nisso na sua idade, por que eu não pensaria nisso na minha idade?”, questionou.

“Estou ciente disso… Você pensa mais sobre o tempo. Todo verão, toda nova estação, tudo, você diz: ‘Bem, vou usar esses poucos meses de verão para estar com meus filhos, minha família’… Mal posso esperar até a próxima – você não sabe o que vai acontecer. Então cada coisa se torna mais importante. Tudo o que faço, em termos de tempo, é importante. O que quer que eu esteja pensando em fazer daqui a dois anos, é melhor pensar em fazer agora”, assegurou.

De Niro com a filha Gia / Reprodução TV / Programa Today

Novo filme: “Assassinos da Lua das Flores”

Enquanto isso, Robert De Niro ainda encontra tempo para trabalhar e fazer o que mais ama, que é atuar.

Seu novo filme está baseado no livro homônimo de David Grann, que conta a história real de uma série de assassinatos na tribo indígena Osage, no estado de Oklahoma, na década de 1920.

O filme se passa em 1920, quando o petróleo é descoberto sob as terras da tribo Osage. Com isso, os Osage se tornam uma das tribos mais ricas do mundo, despertando a cobiça de brancos americanos.

A série de assassinatos começa com a morte de Mollie Burkhart, uma mulher Osage rica e influente. Seu marido, Ernest Burkhart, é um homem branco que se casou com ela por sua riqueza. Ernest é logo suspeito do assassinato, mas é absolvido.

Os assassinatos continuam, e logo fica claro que há uma conspiração para matar todos os Osage ricos. O FBI, recém-criado, é chamado para investigar o caso.

Tom White, um ex-Ranger do Texas, é designado para liderar a investigação. White recruta um agente indígena infiltrado na tribo para ajudá-lo a resolver o caso.

https://youtu.be/RuFUuOhXeLw

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.


×