Amor Perfeito: Saiba como Verônica vai descobrir passado de Érico e Romeu

Por - 27/06/23 às 19:15

Verônica (Ana Cecília Costa) e Érico (Carmo Dalla Vecchia)Verônica (Ana Cecília Costa) e Érico (Carmo Dalla Vecchia) - Foto: Reprodução / TV Globo

A vida amorosa de Verônica (Ana Cecília Costa) terá uma revelação inesperada nos próximos capítulos de “Amor Perfeito”. Após terminar com o prefeito Anselmo (Paulo Betti), a personagem se aproximou de Érico (Carmo Dalla Vecchia), por quem começou a ter sentimentos.

A reabertura do Cine Aldeia, conduzida por Érico, e a fundação de um restaurante, comandado por Verônica, vai fazer com que a parceria entre os dois se torne cada vez mais forte. 

Os dois viajam à capital federal para fazerem compras para as inaugurações, quando encontram Romeu (Domingos de Alcântara), um antigo amor de Érico. Em uma ida à confeitaria, Romeu reconhece o ex-parceiro e convida o casal para um drinque. Verônica aceita de imediato, mas Érico fica receoso com a proposta.

Mais tarde, a sós, Verônica questiona o advogado sobre sua reação nervosa ao convite, e descobre que ele já se envolveu com o homem no passado. Para a surpresa de Érico, ela é acolhedora e diz que já imaginava. 

Érico diz que lamenta ter decepcionado Verônica, mas ela igualmente se desculpa, por ter invadido a privacidade dele e agradece a franqueza e confiança, lembrando que, quando o advogado descobriu sua relação com o prefeito Anselmo, também não a julgou. A reação de Verônica tranquiliza Érico, que diz estar aliviado por poder ser o que ele é com ela.

‘PRECONCEITO MUITO MAIOR’

Em entrevista, o intérprete de Érico, Carmo Dalla Vecchia, disse que está feliz de participar de mais uma novela de Duca Rachid, autora de “Amor Perfeito”, “Cordel Encantado”, “Cama de Gato”, “O Profeta”, e muito mais.

Ele também falou sobre o romance entre seu personagem e Romeu. “Acho uma raridade a gente apresentar um personagem com tantas camadas, mostrando esse encaminhamento da orientação sexual, em uma novela das seis, de época, o que é bonito demais”, disse.

O fato de a novela ser de época também foi destacado pelo ator: “A sexualidade dele não vem antes do fato de ele ser um ser humano, de ele ser uma pessoa. Isso, seja a época que for, não muda. Mas, sem dúvida nenhuma, o preconceito era muito maior”, iniciou. 

“Então, por isso, talvez a facilidade com que a vilã [Gilda, personagem de Mariana Ximenes] consiga chantageá-lo e fazer com que ele, logo no início da trama, não diga a verdade [em relação às armações contra Marê, personagem de Camila Queiroz] e acabe caindo nessa cilada”, destacou.

Já em relação ao romance de Érico e Verônica, Carmo afirma que os dois se encontraram no momento certo. “O que está acontecendo é uma situação muito bonita entre eles porque os dois, a princípio, pela época, seriam os errados, né? Ela, por ser amante, e ele por ter um direcionamento sexual que não é um padrão. Então, talvez os dois tenham se encontrado justamente no lugar onde eles mais têm as suas fragilidades”, opinou o artista.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Tags: ,


×