Sharon Stone relembra dificuldades financeiras: ‘Sobrevivência’

Por - 06/02/24

Sharon Stone sorridente, de roupa brancaFoto: Reprodução Instagram @sharonstone

Sharon Stone contou em uma nova entrevista à revista “WHO”, que ela enfrentou dificuldades financeiras após seu derrame quase fatal em 2001.

A atriz de “Instinto Selvagem” – que tem os filhos Roan, 23, Laird, 18, e Quinn, 17 – esteve vários dias hospitalizada na época devido ao derrame e ao sangramento cerebral.

Como em um milagre, ela voltou à vida, porém enfrentou outro desafio de ‘sobrevivência’. Disse que estava em extremas dificuldades financeiras, e que dependia de seus cartões de crédito para sobreviver.

“Eu estava reduzida a nada. Tive que pagar a escola das crianças com meu cartão de crédito e torcer pelo melhor. Eu simplesmente fiquei de joelhos e pensei, ‘Preciso de um sinal… e você poderia fazer isso grande porque vou precisar de algo que não posso perder porque estou em coma aqui. Então, me ajude'”, revelou.

Experiência de ‘Quase Morte’

A atriz de 65 anos afirmou à publicação que passar por uma experiência de quase morte acabou com a preocupação com o que as outras pessoas pensam dela: “Enquanto me recuperava do derrame, reavaliei tudo”, conta.

“Decidi que nunca mais deixaria de ser eu mesma. E as pessoas poderiam me amar, me odiar, gostar de mim, não gostar de mim, me julgar, fazer o que quisessem. Mas é pegar ou largar, cara. Eu me sinto livre praticamente o tempo todo.”

Sharon escondeu sua deficiência durante anos porque pensava que “ninguém a aceitaria”. A estrela de cinema – mais conhecida por interpretar papéis de femme fatale em Hollywood – revelou anteriormente que foi desprezada pela indústria porque o derrame prejudicou gravemente suas habilidades motoras e capacidade de lembrar falas.

Tratamentos

Depois de muito tratamento, a atriz foi forçada a reaprender a andar e falar enquanto lutava para recuperar a guarda de seu filho mais velho – que lhe foi tirado dela depois que ela foi acusada de ter a síndrome de Munchausen.

Sharon, que não se deixa definir pela doença, acrescentou: “Acho que muitas pessoas se identificam com a doença como ‘eu sou essa coisa’, e não pode ser a sua identidade”.

“No meu caso, muita coisa foi tirada de mim. Perdi a guarda do meu filho, perdi minha carreira e não pude trabalhar, estava me divorciando e passando por uma situação difícil, perdi muita coisa”, comenta.

“Eu poderia ter permitido que isso me definisse. Mas você tem que se levantar e dizer: ‘Tudo bem, isso aconteceu, e agora? Do que sou feita?'”

Prioridades

Sharon Stone relembrou anteriormente seu problema de saúde, quando sofreu um sangramento no cérebro em 2001, dizendo que hoje se sente agradecida por ter priorizado a maternidade.

A atriz disse à revista “People” que não se arrepende de ter feito da família sua prioridade número um, embora sente que ‘perdeu’ sua carreira.

Leonardo DiCaprio deve a carreira à Sharon Stone?

“Perdi todas aquelas coisas que você acha que são sua verdadeira identidade e sua vida… Nunca recuperei a maior parte, mas cheguei a um ponto em que estou bem com isso.”

Além do mais, a atriz também reconhece que sua reputação de ‘pessoa difícil’ ajudou a prejudicar sua carreira, principalmente por causa de seus discursos pró-mulheres, que naquele tempo ainda não eram tão comuns:

“As pessoas me achavam ‘difícil’ porque eu pedia essas coisas e esperava receber as coisas que considerava corretas e apropriadas para mim e para outras mulheres”, relembra.

---

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.