Simony processa companhia aérea que a acusa de agressão

Por - 22/04/24 às 13:47

SimonySimony - Reprodução/Instagram

Simony está processando a companhia aérea Delta. A ação, que foi aberta no último dia 9 de abril é em nome da cantora e de dois filhos. A família pede R$ 55.388 de indenização, sendo R$ 16.388 referentes a danos materiais e R$ 13 mil em danos morais para cada autor.

Tudo começou quando Simony foi estava no aeroporto de Orlando, nos Estados Unidos, e foi impedida de viajar com sua mala de mão no dia 9 de fevereiro. A cantora disse que aquilo era um direito dela, principalmente pelo fato de estar em tratamento contra o câncer e ficar mais fácil de ter acesso a medicamentos. As informações são da coluna de Fábia Oliveira.

Simony desmaia após ser barrada com os filhos em aeroporto dos EUA

A defesa da companhia aérea afirma que Simony agrediu um dos funcionários, algo que ela nega veementemente. As câmeras do aeroporto, inclusive, comprovaram a versão de Simony, mostrando que a polícia foi chamada para conter a confusão.

Simony ainda afirma que, por conta de tudo que aconteceu, precisou comprar novas passagens, se viu obrigada a permanecer nos Estados Unidos e tudo isso sem qualquer tipo de ajuda da empresa Delta.

Justiça penhora metade dos imóveis de Ana Hickmann. Entenda!

Relembre o caso de Simony

Em fevereiro, ao conversar com os fãs sobre o ocorrido, Simony iniciou alegando que a funcionária da Delta afirmou que eles teriam de despachar as malas de mão, mas que ela se recusou.

“Não vou despachar minha mala de mão porque tem meus remédios, minhas coisas e eu vou ficar ainda uma hora parada em outro aeroporto. Nosso voo faria escala, às vezes eu preciso de alguma coisa que está nessa malinha, que eu sempre levo comigo”, contou.

Cara de Sapato entra com processo contra a Globo!

Na hora do embarque, Simony percebeu que tinha algo errado.

“Eu não entrei”, disse a cantora, que estava em uma cadeira de rodas que era empurrada por um funcionário da Delta. De acordo Simony, outros passageiros também em cadeiras de rodas foram passando na sua frente e embarcaram. “Ela (a funcionária da Delta) me deixou em um canto com toda a minha família atrás de mim. Eu fui a última a entrar. Quer dizer: não entrar.”

“Eu disse ‘não, você me deixou por último. E aí o voo está lotado? Eu não posso fazer nada. O problema é de vocês.”

Davi é criticado ao decidir cobrar assinatura por conteúdo exclusivo

Gritaria

“A funcionária começou a gritar com a gente, super grossa, falando que a gente tinha sim (que despachar as bagagens) e começou a colar etiquetas nas nossas malas. A gente falou: “Não”. Eu comecei a ficar nervosa. Eu estava na frente dos meus filhos, na cadeira de rodas. Aí ela falou para o cara que estava me empurrando: ‘Tira ela agora. Nenhum deles vai viajar’. Acabou. fecha o voo!’ Eu falei: ‘Como assim, fecha o voo? Eu preciso embarcar.”

Desmaio

“Eu disse: ‘Para de fazer isso. Eu não posso passar nervoso. Estou em tratamento oncológico, por favor.’ Aí eu não vi mais nada. Eu desmaiei”, afirmou.

A cantora conta no vídeo que seu filho mais velho, Ryan Eduardo, teria levantado ela do chão e a colocado novamente na cadeira de rodas. Ryan então teria lhe dado água e remédios. Anthony e Pietra teriam começado a chorar achando que a mãe ia morrer. “Eu fui acordar e já estava do outro lado do aeroporto. Já tinha fechado o voo. A gente não embarcou, nossas malas foram embora. Eu sei que uma hora ela falou que ia chamar a polícia e a polícia veio. Aí eles prometeram que a gente ia embarcar no próximo voo.”

“Foi a coisa mais horrorosa do mundo. Nunca fui tratada dessa forma. Recebi vários directs (mensagens em redes sociais) de pessoas que ficaram dormindo no chão e que não deram apoio. Ainda bem que eu tinha amigos e tinha lugar para ficar. Por que eles não deram nenhuma assistência pra gente”, finalizou.

Tags:

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais


×