Kim Kardashian participa de júri em caso de assassinato

Por - 22/10/23 - Última Atualização: 21 outubro 2023

Kim Kardashian

Kim Kardashian está a ponto de conseguir sua tão desejada licença de advogado em 2024, e ela já está se familiarizando com as audiências e julgamentos. Durante toda esta semana, a empresária esteve no Tribunal de Van Nuys, em Los Angeles, Califórnia, para atuar como jurado em potencial em um caso de assassinato de gangue, de acordo com informações do site TMZ.

Segundo a publicação, Kim participou de um caso que envolve dois homens, acusados ​​de envolvimento em um assassinato relacionado a uma gangue. Foi dito que Kim participou de um painel de júri onde ela e outros membros em potencial foram questionados pelo promotor e pelos advogados de defesa, embora nenhuma pergunta tenha sido feita diretamente a ela.

Em uma foto obtida pelos paparazzi do TMZ, a estrela de “The Kardashians” foi junto com os outros jurados, comendo seus lanches enquanto estavam no corredor do tribunal durante os intervalos.

Uma testemunha afirmou que todos estavam bem ‘profissionais’ em sua função e ninguém ficou ‘particularmente impressionado’ com Kim.

Para a ocasião, Kim Kardashian usou uma blusa branca sem mangas, calça de couro e um par de botas de cano alto. Mais tarde naquele dia, os advogados supostamente concordaram em 12 jurados e 4 suplentes. Kim foi dispensada e deixou o tribunal após concluir seu serviço como júri, e deixou o tribunal em uma caminhonete no estacionamento.

https://youtu.be/u0KowbPUk4o?t=35

Abrindo mão do estrelato

Kim Kardashian está cada vez mais perto de receber seu diploma de advogada, realizando um sonho antigo de herdar a mesma profissão do pai, o advogado de celebridades Robert Kardashian (1944-2003). E durante sua participação no “TIME100 Summit” ela confessou que ficaria feliz em abrir mão do estrelato para ser uma advogada “em tempo integral”.

Durante seu discurso em 26 de abril, Kim afirmou: “Há muita coisa na TV, mas meus amigos sabem que realmente valorizamos nosso tempo privado. Eu ficaria muito feliz em ser uma advogada de tempo completo. Essa jornada realmente abriu muito meus olhos. É impressionante porque há muito a ser feito”, justificou a empresária, que atualmente trabalha para a renovação do sistema penal dos Estados Unidos, e assim libertar vários inocentes da cadeia, em sua maioria, negros e latinos.

“Eu levei minha irmã Khloé [Kardashian] para uma prisão pela primeira vez na semana passada, e isso foi realmente revelador para ela”, acrescentou. “Eu sempre brinco com minha mãe – que é minha empresária – digo que Kim K. está se aposentando e eu vou ser apenas advogada”, comentou.

Kim, que estuda Direito desde 2019, assegura que o pai estaria nas nuvens ao vê-la seguir sua carreira, porque enquanto ele estava vivo os dois falavam sobre a possibilidade de Kim se tornar advogada.

“Eu sei que ele provavelmente se divertiria tanto com isso porque não esperava nada disso. Conversamos muito sobre eu ir para a faculdade de direito e ele sempre dizia que nos daria uma mesada se a gente ficasse na escola. E agora que a oportunidade surgiu todos esses anos depois, é muito mais significativo. Estou aprendendo todos os dias e sou muito grata pela experiência”, justifica.

“Ele me avisou como é estressante… posso dizer que aprendi minha ética de trabalho com meu pai, mas aprendi muito mais com minha mãe [Kris Jenner]. Eu não estou nem tentando ser engraçada, mas você meio que dá muito crédito ao pai morto, quando ela nos ensinou como ter um lar e como fazer um lar. Ela guardou tudo de quando estávamos crescendo. Eu poderia encontrar um dente, uma mecha de cabelo. Ela tem esses baús que guardou para nós com livros de bebê, então eu faço isso para todos os meus filhos, e todos os anos, no aniversário deles, escreverei uma carta de quatro ou cinco páginas para cada um que darei a eles em seu aniversário de 21 anos”, contou emocionada.

Formada em Ciencias de la Comunicación (México), louca por gatos e fascinada com o mundo dos famosos. Feliz de ser parte do OFuxico desde 2000.