Com onda crescente de Covid nos EUA, Adele proíbe selfies

Por - 18/09/23 às 22:05

adele em estádioGrosby Group

Adele está apavorada com a onda crescente de casos de Covid-19 nos Estados Unidos e decidiu ter uma ação drástica. A cantora não irá mais fazer selfies com fãs durante ou após as apresentações de seus shows em Las Vegas.

A própria Adele explicou sua decisão aos tietes.

“Normalmente eu iria parar conversar e ouvir tudo sobre a vida de vocês com a pessoa intrometida que eu sou. Entretanto, eu estou me equilibrando em uma corda para não pegar Covid. Todos com quem eu trabalho já pegaram covid, é um milagre que eu não peguei ainda. Eu realmente amo conversar com vocês, mas não quero ficar doente. Selfies e vídeos somente à distância. Talvez eu tenha sintomas e aí eu não poderei fazer o show. Eu seria detonada se cancelasse mais algum desses shows. Não posso me arriscar a ficar doente. Honestamente, meu sistema imunológico está mal e eu quero estar perto de vocês, mas realmente não posso arriscar. Eu fiquei gripada dois dias depois do meu show final, durante a pausa. Eu não me importo de ficar gripada no meu intervalo. Eu ainda tenho nove semanas restantes, esta é a minha 26ª semana. No último sábado, fiz meu show de número 50. É uma marca importante”, disse.

A artista está com residência na cidade até 4 de novembro deste ano e tem tomado todas as precauções para não ser infectada.

Os shows em Vegas começaram em novembro do ano passado e renderam muitas notícias e aplausos de fãs, por conta do talento e das tiragens engraçadas de Adele no palco, mas, agora, todo cuidado é pouco.

Adele não foi a única

Em março do ano passado, o cantor britânico Peter Andre não quis ter nenhum contato com fãs, durante um evento

em Southampton.
“Devido aos casos recentes do coronavírus, NÃO tenha contato físico com Peter Andre. Por favor, NÃO tire fotos com Peter Andre. Desculpe por qualquer inconveniente. Obrigado”, dizia um comunicado.

---

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.


×