Em meio a drama do pai em Israel, Alok se apresentará na Tomorrowland Brasil

Por - 10/10/23

Alok e DJ Juarez Petrillo

Há alguns dias, o estado de Israel declarou guerra o grupo palestino Hamas e pegou muitos brasileiros que estavam no país desprevenidos. Um deles foi o pai de Alok, DJ Juarez Petrillo, que iria se apresentar em um festival de música na Faixa de Gaza. O cantor, que apareceu aos prantos com a situação do pai, é uma das atrações principais da Tomorrowland Brasil.

Assim que a guerra explodiu, um dos primeiros alvos do Hamas foi o Universo Paralello, um evento de música eletrônica. Criada no Brasil, a rave ganharia uma edição internacional em Israel no dia 7 de outubro, quando os ataques começaram. Até agora, foram confirmados 260 mortos e muitas pessoas continuam desaparecidas.

Diante do cenário desesperador, Alok surgiu em lágrimas nas redes sociais e deu detalhes da situação de seu pai. “Meu pai estava prestes a se apresentar quando começou a ter um bombardeio e o evento foi interrompido e a polícia começou a evacuar”, disse ele, explicando ainda como Juarez conseguiu escapar.

Todo mundo saiu correndo. Meu pai saiu correndo, conseguiu entrar em um carro e sair de lá. O carro de trás foi baleado, meu pai conseguiu se abrigar em um bunker e ficou seguro lá”.

Além disso, o famoso esclareceu que seu pai é um dos idealizadores da festa, mas não foi responsável pela organização da edição internacional do Universo Paralello. “Infelizmente, em meio a todo esse caos e essa angústia, está rolando uma fake news de que meu pai era o responsável e produtor do festival. O que não é verdade. Meu pai não é o organizador, não é o responsável, ele foi lá como contratado! Me ajudem a espalhar o que é verdade, por favor”, pediu Alok.

Como está o pai de Alok, em Israel?

O DJ Juarez Petrillo filmou o festival sendo interrompido. Ele mostrou fumaça no céu e as pessoas se movimentando no evento de música eletrônica, em Tel Aviv. “Estou em choque até agora! E as bombas não param de explodir… depois conto mais detalhes”, publicou.

Ele escreveu que era para estar tocando no momento do bombardeio, mas a programação atrasou em uma hora. Ele detalhou que tinha três “sets” para tocar, mas acordou passando mal. “Surreal! Já estava no palco para tocar. Espiritual demais! Foi a primeira vez que aconteceu isso, nunca uma festa parou assim! Sei nem o que fazer dizer”, disse o DJ.

Alok atualizou que o pai conseguiu deixar o evento em segurança e está em Tel Aviv, em Israel. “Meu pai tá bem, está seguro, ele conseguiu chegar em Tel Aviv ontem e está fazendo todos os esforços para voltar ao Brasil. Tudo o que eu quero agora é abraçar ele, acolher ele, mas, infelizmente, muitas pessoas não vão poder fazer isso. Muita tristeza”, declarou.

Tomorrowland Brasil

Apesar do susto, Alok tem uma grande apresentação para se preparar. O DJ é um dos headliners da Tomorrowland Brasil, que acontece nos dias 12 a 14 de outubro no Parque Maeda, em Itu, no interior de São Paulo. Seu show encerra a programação do palco principal do último dia de evento.

No ano passado, ele tocou para quase cem mil pessoas na edição belga do maior evento de música eletrônica do mundo. Agora, ele sobe ao palco junto a nomes como Tiesto, Steve Aoki, Martin Garrix e muito mais! A estrutura de 53 metros de altura, 270 metros de largura e 214 alto falantes promete proporcionar uma experiência única ao público brasileiro.