Dia da Saúde Mental: Quais artistas já cantaram sobre o tema?

Por - 10/10/23 às 13:20

Luísa Sona, Billie Eilish, Lady Gaga e Demi LovatoLuísa Sona, Billie Eilish, Lady Gaga e Demi Lovato já cantaram sobre ansiedade (Reprodução/Divulgação)

Neste 10 de outubro comemora-se o Dia Internacional da Saúde Mental, uma data que convida para reflexões sobre as mais diversas condições que assolam as mentes de milhares e milhares de pessoas ao redor do globo que chamamos de Terra. Desde pequenos transtornos até o conhecido ‘mal do século’, conhecido como Ansiedade e a Depressão. A data foi declarada em 1992.

Dados divulgados por uma pesquisa atualizada anualmente da OMS apontaram que quase 27% da população brasileira recebeu o diagnóstico fechado de Ansiedade. Nos jovens, a situação é mais agravante: 31,6%, entre 18 e 24 anos. O tema não é novidade no mundo dos famosos: Só recentemente alguns nomes como Luísa Sonza, Wesley Safadão, Preta Gil, Mel Maia, entre tantos outros abriram o jogo sobre a condição e disseram abertamente sobre ter o mal que afeta milhares de brasileiros.

Wesley, por exemplo, abriu o jogo e até pausou a sua carreira por um tempo para focar na saúde mental. Nas suas redes sociais, ele contou:

“A cada dia que passa, eu venho me sentindo melhor, mesmo que seja um processo de momentos durante o dia. Em alguns momentos, você se sente meio estranho, mas tô melhorando a cada dia”.

Fora isto, o tema da saúde mental é recorrente em filmes, séries, mas em músicas, principalmente. A forma de se comunicar de cantores tem sido mais aberta e mais sincera sobre o tópico:

Demi Lovato tem diversas canções (“Sober”; “Anyone”; “Skyscraper”) que conta sobre suas dificuldades, mas em “Ok Not To Be Ok”, ela reflete sobre os momentos de crise, quando a mente é tomada por pensamentos abusivos e tóxicos, deixando quem os tem em crise:

“Quando você está cheio de emoções, e você está perdendo o foco. Você se sente exausto demais para orar. Não se perca no momento e nem desista quando estiver o mais perto”.

Demi Lovato

Luísa Sonza também fala muito sobre o tema em suas redes sociais, mas o foco dela é na música. Em “Principalmente Me Sinto Arrasada”, ela aborda a crise em algumas fases, como quando diz:

“E mesmo que, às vezes, eu não esteja ou pareça um pouco, um tanto longe. (…) Para de choramingar! Reage, maluca! Sai da viagem. Tu não é mais um nenê”.

Luísa Sonza

Billie Eilish se uniu com Khalid em “Lovely”. A faixa até parece que é só uma canção sobre algo pouco menos profundo, mas ela fala sobre a doença em diversas passagens, de maneira mais lúdica:

“Pensei ter encontrado um caminho, pensei ter encontrado uma saída (…) Quero me sentir viva, lá fora não consigo enfrentar meu medo. Coração feito de vidro, e a mente feita de pedra”

Billie Eilish, Khalid

Na soundtrack de “Barbie”, a crise existencial proveniente de questionamentos que veem ao longo do filme, junto com a depressão acoplada na boneca, também virou tema em “What Was I Made For”:

“Para que fui criada? Parecia tão viva, no fim das contas, não sou real. Quando isso acabou? Todo o prazer. Estou triste de novo.”

Billie Eilish

Em “Breathin”, Ariana Grande também traz a tona uma crise de ansiedade: Em geral o que mais é ouvido é que deve se respirar e pausar a mente, mas no momento que ela acontece tudo fica fora de foco e até fazer algo básico parece de um extremo esforço. Por isto, Ariana canta:

“O tempo passa, e eu não consigo controlar minha mente. Não sei mais o que tentar, mas você me diz todas as vezes: apenas continue respirando”

Ariana Grande

Ao lançar o “Chromatica”, Lady Gaga tinha avisado que o álbum era algo bem dançante, mas cheio de letras pesadas. Em “911”, ela evoca as dores de uma saúde mental fragilizada:

“Estou cansada de ouvir essas vozes. É quase como se eu não tivesse escolha. Minha maior inimiga sou eu, tomo uma pílula de emergência”.

Lady Gaga

O que é mais literal que Selena Gomez e Julia Michaels cantando sobre ansiedade em “Anxiety”. Ambas já falaram abertamente sobre a doença e aqui se uniram em uma faixa para deixar mais escancarado sobre os dois transtornos mais comuns nos tempos modernos:

“Eu mando eles irem embora, estou de mãos dadas com minha depressão. E, justo quando acho que superei, a ansiedade começa a atacar pra me ensinar uma lição”.

Selena Gomez & Julia Michaels

Ainda fica aqui de exemplos tantos outros casos de artistas que trouxeram o tema, e continuando ressaltando a importância de cuidar da saúde mental: Florence Welch em “Shake It Out”; Linkin Park, que perdeu Chester Bennington na luta contra a doença; Ashley Tisdale que fez um álbum inteiro sobre o tema ( O “Symptons”) e tantos outros casos.

  • Vale lembrar que você não está sozinho. O CVV (Centro de Valorização da Vida) funciona 24h para auxiliar em todos os casos no número 188.

Tags:

Em formação no Jornalismo pela UMESP. Escreve sobre cultura pop, filmes, games, música, eventos e reality shows. Me encontre por aí nas redes: @eumuriloorocha


×