Gloria Groove se une a Hamilton de Holanda nos vocais de ‘Samurai’

Por - 20/12/23 às 14:38

gloria groove e hamilton de holanda na capa da regravação e samuraiFoto: Divulgação

No álbum “Samurai”, inspirado na obra do Djavan, o bandolinista Hamilton de Holanda traz um novo olhar para 12 canções do artista alagoano. Com um time estrelado de participações, como o próprio homenageado, e nomes como Zeca Pagodinho, Jorge Drexler e Gloria Groove, o trabalho multicultural explora as colaborações de artistas distintos sob o olhar de um dos nomes de maior destaque da música instrumental mundial.

Rock in Rio: Jão e Gloria Groove são anunciados na edição de 40 anos

Nesta quarta, 20 de dezembro, Hamilton lança o clipe oficial da faixa “Samurai”, que conta com os potentes vocais da cantora Gloria Groove. “Alegria imensa fechar o ano de 2023 com a lançamento desse clipe de ´Samurai´, cheio de swing, com muito balanço e aquele clima de festa, desejando um ano de 2024 próspero e com muita paz. Gloria Groove arrasou cantando esse clássico do Djavan!”, comemorou Hamilton de Holanda.

O clipe reúne imagens de estúdio dos dois artistas, mescladas a imagens que acompanham um encontro entre amigos. Dando o tom da narrativa, a canção marca momentos de amizade e descontração. A direção audiovisual e de fotografia é de Dani Gurgel.

Lançado em setembro, o álbum “Samurai” trouxe o próprio Djavan, em “Luz “e “Lambada de Serpente”; Zeca Pagodinho, em “Flor de Lis”; Jorge Drexler, em “Lilás”; Gloria Groove, em “Samurai”; o pianista cubano Gonzalo Rubalcaba, em “Irmã de Neon”, a saxofonista norte-americana Lakecia Benjamin, em “Samurai”; a cantora e flautista indiana Varijashree Venugopal, em “Oceano”; e o pianista brasileiro Salomão Soares, em “Capim”. Completam o trabalho, as músicas “Faltando um Pedaço”, “Malásia”, “Asa” e “Sina”.

Receba as notícias de OFuxico no seu celular

Detalhes do álbum “Samurai”

Hamilton de Holanda tem duas memórias muito marcadas de Djavan, a quem homenageia agora no álbum “Samurai”. A primeira delas da adolescência, quando “Sina” era o carro-chefe do repertório da banda que tinha com amigos da escola.

A segunda é de quando voltou ao Brasil, depois de uma temporada em Paris, e recém-chegado ao Rio de Janeiro, ganhou de presente do compositor uma canção feita especialmente para que o bandolinista gravasse com ele — a faixa-título do disco “Vaidade”, de 2004.

Com produção de Hamilton e de Marcos Portinari, “Samurai” reúne 12 faixas, entre gravações instrumentais e cantadas. O time de cantores convidados mostra a vastidão não apenas da música de Djavan, mas também do olhar do bandolinista. Estão lá, além do próprio homenageado (em “Luz” e “Lambada de serpente”), Zeca Pagodinho (“Flor de lis”), o uruguaio Jorge Drexler (“Lilás”), Gloria Groove (“Samurai”) e a indiana Varijashree Venugopal (vocalises em “Oceano”).

Gloria Groove é a Drag Queen mais reproduzida no Spotify Global

Os instrumentistas convidados também dão um panorama da riqueza da música de Djavan e de Hamilton: o pianista cubano Gonzalo Rubalcaba em “Irmã de neon” e a saxofonista americana Lakecia Benjamin em “Samurai”. A banda base que acompanha Hamilton é formada pelo pianista Salomão Soares (que é creditado merecidamente com destaque como convidado em “Capim”), o baterista Big Rabello e o baixista André Vasconcellos, com participações dos percussionistas Armando Marçal e André Siqueira, além de trombonista Rafael Rocha, que assina o arranjo de cordas em “Lambada de serpente”.

Tags: ,,

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×