Quatro cantores do BTS anunciam alistamento militar obrigatório

Por - 22/11/23 às 16:16

integrantes do bts na casa branca dos euaFoto: Grosby Group

Desde o ano passado, para os integrantes do BTS só existe uma certeza: Todos terão que passar pelo alistamento militar sul coreano, mas apenas dois idols estavam cumprindo o serviço obrigatório segundo a lei do país: Suga, Jin e J-Hope. Bom isso, até agora, pois a lista acaba de aumentar exponencialmente e ficar completa.

Nessa terça-feira, 21 de novembro, a empresa de entretenimento Big Hit Music anunciou que mais quatro membros do grupo de K-Pop estão se preparando para cumprir os serviço militar: RM, Jimin, V e Jungkook. Lembrando que BTS dará uma pausa completa nas atividades até 2025.

“Nós gostaríamos de informar aos fãs que RM, Jimin, V e Jungkook começaram o processo de alistamento militar. Os artistas estão se preparando para cumprir seu dever”, foi dito no comunicado da empresa sobre o assunto.

“Vamos informar vocês com as atualizações ao longo do processo. Pedimos a vocês que continuem dando amor e apoio aos membros até que eles completem o serviço e voltem seguros. Obrigado”, concluiu a nota.

Membros se pronunciam

Para acalmar os fãs, V se pronunciou nos stories do Instagram sobre o assunto: “Por favor, brilhem. Nós estaremos brilhando com vocês. Vou sempre apoiá-los e, se tiver chance da próxima vez, vou aproveitar o show online em que nos veremos. Eu os amo”.

Já Jungkook fez eu pronunciamento em carta aberta no portal Weverse: “O riso, apoio e amor dos ARMYs me guiaram até aqui, apoiando meus sonhos e caminhando ao meu lado silenciosamente. Sou profundamente grato por isso”.

“Pedir que esperem por mim enquanto sirvo não é uma solicitação leve, já que um ano e seis meses é um período longo. Assim, mesmo que soe egoísta, não posso pedir isso diretamente. No entanto, prometo voltar e subir ao palco a partir do lugar de onde sempre estive, mostrando um crescimento ainda maior”, finalizou.

Lembrando que o sucesso global do BTS concedeu uma lei especial, que adia o serviço até no máximo os 30 anos, 2 anos a mais que o comum. A lei foi aprovada em 2020 e é chamada carinhosamente de “Lei BTS”. O tempo mínimo para cumprimento do serviço militar na Coreia do Sul é de 18 meses.

Tags:

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.


×