Preta Gil sobre o câncer: ‘É uma doença muito estigmatizada, muitos preconceitos vêm junto’

Por - 12/12/23 às 12:27

Preta Gil sobre o câncer: “É uma doença muito estigmatizada, muitos preconceitos que vêm junto’Reprodução Globo

Atualizada às 12h47

Cantora acaba de receber diagnóstico de remissão após longo tratamento.

Em dia de comemoração por poder anunciar que superou o câncer, Preta Gil esteve no “Encontro” nesta terça-feira, 12 de dezembro, para dividir sua felicidade com o público.  “O amor me curou. Eu tenho total certeza disso, que o amor é tão importante quanto todo o tratamento que eu fiz”, declarou.

“Foi pra mim foi muito gratificante, porque foi um ano que começou muito difícil, porque meu primeiro é sintoma foi na passagem de ano. Eu ia fazer um show no Rio de Janeiro, tive uma dor de cabeça muito forte e a minha pressão subiu abruptamente. Eu tomei um remédio para pressão física, fiz o show.”

O susto do diagnóstico

Petra seguiu falando sobre seus sentimentos ao receber um diagnóstico tão assustador exatamente no dia da virada do ano de 2022 para 2023:

“No dia 1º. também foram dois shows e logo em sequência eu passei mal e fui hospitalizada. E aí recebi o diagnóstico. Então foi um ano inteiro, doze meses de tratamento, um tratamento que é muito pesado, que é muito difícil, que não só sofre o paciente, mas sofre a família, os amigos, sofre todo o mundo”.

Durante batalha contra o câncer, Preta Gil desfilou no SPFW

Preconceitos e vergonha

Além do medo da morte, a cantora falou sobre os estigmas que marcam essa realidade tão dolorida:

“É uma doença muito estigmatizada, com muitos preconceitos que vêm junto, muitas pessoas que são diagnosticada com câncer têm vergonha de assumir, têm vergonha de falar. Uma coisa que para mim eu não tive alternativa, porque eu tinha que cancelar compromisso profissionais e porque não combina comigo.”

Receba as notícias de OFuxico em seu celular 

Preta Gil se emocionou ao falar sobre o câncer. Ela acaba de vencer a doença.
Emocionada ao falar de seu processo de cura. Reprodução Globo

Verdade e luta

Cercada por familiares e amigos especiais, Preta pontou a importância da energia positiva ao redor de um paciente que enfrenta o mesmo drama:

“Eu sempre fui uma mulher muito verdadeira, então foi um ano de muita luta, mas de muita Vitória. Eu não romantizo em nenhum momento essa doença, porque só quem passa sabe o quanto ela é difícil, mas eu tiro muitas lições disso tudo que eu vivi e acho que a maior de todas é essa que a gente pode, sim, se amar. A gente pode sim emanar energia positiva para uma pessoa, porque isso cura. Então eu fico muito aliviada.”

Como foi o processo de fisioterapia, após cirurgia

Remissão e fé no futuro

Ao receber a notícia de que seu corpo não apresenta mais sinais do câncer, a filha de Gilberto Gil esclareceu o processo de remissão total, diagnóstico que só virá após cinco anos:

“Eu ainda tenho 5 anos de acompanhamento médico, pra eu dizer aquela palavra assim com todas as letras, estou curada. Eu vou esperar esses 5 anos com muita resignação. Mas eu posso falar sim, que eu acabei o meu tratamento oncológico e que esse câncer que eu tive no reto, ele. Ele foi tirado, foi muito bem sucedido. Os exames que eu fiz mostram que eu não tenho mais o câncer no meu organismo, então sim, eu posso dizer que essa etapa”.

Preta Gil relembra traição durante tratamento

O papel de uma pessoa pública

Durante a entrevista Patrícia Poeta falou sobre o importante papel de Preta em falar abertamente sobre o tratamento e o uso da bolsa de Ileostomia e os desconfortos que ela causa. “Você estava mantendo todo mundo informado e deve ter sido bom para você dividir isso com as pessoas”, reforçou.

“Quando a gente é uma pessoa pública e passa por isso, você tem que agregar um significado ao que você está passando, você tem que entender o propósito do que você está passando […] a gente é na Alegria e na tristeza. Não adianta eu só mostrar para as pessoas as coisas boas que eu vivo. Passar informação, dividir para que outras pessoas que estão passando pelo que eu passei pudessem se identificar ou se acalentar“, pontou Preta.

Preta Gil desabafa ao posar com bolsa de ileostomia: ‘Salvou minha vida’

Sem coragem de falar

Mesmo empenhada em dividir todas as fases de tratamento com seus fãs, a cantora de “Sinas de Fogo” confessou que existiu um momento mais difícil, quando lhe faltou força e coragem para falar abertamente:

“Tiveram momentos muito cruciais que eu não consegui dividir com ninguém porque eu estava hospitalizada. Eu passei por uma *sepsemia no meio da minha quimioterapia, eu quase morri, literalmente. Os médicos me trouxeram de volta, Deus e os médicos, mas ali naquele momento eu fiquei muito vulnerável, eu não consegui dividir, mas logo depois que eu respirei que eu tive.”

Desconforto e constrangimento social

As questões ligadas ao uso da bolsa de Ostomia foi um tema recorrente durante todo o processo de cura da artista. Ela não se privou de dividir com seu público as questões mais dramáticas:

“Quando eu fiz a cirurgia, coloquei a bolsa, eu quis dividir também, porque eu também vi que tem muito estigma e muito preconceito em cima dos ostomizados que têm muita vergonha da bolsa. Elas normalmente escondem e é uma deficiência invisível. Não é que a gente carrega e isso é delicado, porque as pessoas precisam voltar as suas atividades normais. A bolsa traz limitações. A gente passa por problemas, a bolsa machuca, a bolsa vaza, a gente passa por constrangimentos sociais, sim, mas a gente também pode se adaptar a ela. A gente pode ter uma relação saudável com ela. Eu fiz amizade com ela. Eu batizei a minha de Angel. No primeiro momento eu tive pânico e depois a gente foi se relacionando. Ela virou minha melhor amiga. Sei que é difícil, mas pense, ela está te dando a oportunidade de você viver, então se agarre a isso. Foi assim que eu me agarrei e deu tudo certo, aconselhou”.

Preta Gil se emociona com o carinho do público em show

Preta e seu grande amigo Gomiinho
Gominho abandonou sua vida em Salvador para cuidar de Petra: ‘Gratidão”. Reprodução Globo

Amigo é pra essas coisas

Companheiro de todas as horas, Gominho largou sua vida e emprego em Salvador para cuidar de Preta. Nesta participação ao programa da Globo ele fez uma surpresa e apareceu no palco para reafirmar o seu amor. Em sua fala ele deu detalhes da convivência com a cantora: “Eu nunca tinha acompanhado um tratamento desse peso de perto e é muito agressivo”.

Agradecida, Preta pontuou a importância de pessoas queridas:

“É muito difícil hoje em dia você vê uma pessoa abdicar de tudo para cuidar de um amigo. Eu estava muito abandonada mesmo. Eu estava sofrendo muito, eu não estava enxergando, sabe? Eu não conseguia enxergar e ele viu, veio e ele cuidou de mim. Ele me deu banho, penteou meu cabelo. É um presente que a vida me deu, assim eu sou muito grata.”

Traições: Outros famosos que tiveram a vida privada exposta em 2023?

Gominho retribuiu com palavras emocionantes: “Conviver com você e ver que você é muito melhor. As pessoas andam na rua e perguntam ‘como é que fulano é pessoalmente’. Você é muito melhor do que ela se mostra na nas mídias, é maravilhosa. Todo esse amor que a gente está te dando é porque você é muito amorosa, você vive de amor.”

Preta finalizou em tom de gratidão: “Você ver um amigo te estender a mão e te cuidar do jeito que ele me cuidou… Ele, Malu e Soraia e tantos outros. É um presente. Eu não, não romantizo nada do que eu passei, mas sem dúvida agradeço. Você sabe o quanto você é um homem que eu admiro? Que eu amo, eu agradeço e digo obrigada em meu nome e em nome da minha família”, encerrou a artista com muito amor.

Tags:

Idealizadora do site OFuxico, em 2000 segue como CEO e Diretora de Conteúdo do site. Formada em jornalismo pela Faculdade Casper Líbero, desde os anos 1980 trabalha na área do jornalismo de entretenimento. Apaixonada por novelas, séries, reality, cinema e estilo de vida dos famosos.


×