Renascer: Segunda fase terá Marcos Palmeira, Brichta e Buba trans

Por - 01/02/24 - Última Atualização: 31 janeiro 2024

Marcos Palmeira abraçado a Humberto Carrão; Vladimir Brichta como Egídio; Gabriela Medeiros como Buba

A audiência em alta e os comentários positivos do público mostram que ‘Renascer’ já caiu no gosto do público. Porém, assim como aconteceu na primeira versão, logo mais se dá o início do que podemos chamar de “segunda fase” da trama.

Isso já promete deixar muita gente “órfã”, já que muitas histórias serão alteradas, atores queridos, como Humberto Carrão, que interpreta José Inocêncio, deixarão a trama, e novos personagens vão surgir.

Humberto Carrão e Marcos Palmeira são José Inocêncio na primeira e segunda fases
Humberto Carrão e Marcos Palmeira são José Inocêncio na primeira e segunda fases – Divulgação/Globo
  • Morte de Maria Santa

A morte de Maria Santa (Duda Santos) acontece ainda na primeira fase da novela, mas já marca que a “passagem de alguns anos” está próxima. Assim como na versão original, ela morrerá durante o parto de João Pedro, seu quarto filho.

Neste momento, inclusive, é quando José Inocêncio começa a rejeitar o filho, que até será cuidado por Morena (Uiliana Lima), pois ele o culpará pela morte de Maria Santa.

  • Entrada de novos atores

Nesta nova fase de ‘Renascer’, Marcos Palmeira se tornará José Inocêncio, enquanto Deocleciano (Adanilo Pires) será Jackson Antunes. Juan Paiva será João Pedro, filho rejeitado de José Inocêncio e Theresa Fonseca viverá Mariana, ponto focal da briga entre pai e filho na história.

Vladimir Brichta também vai entrar na novela e será Egídio, rival de Inocêncio. Na versão original, o nome do personagem era Teodoro, vivido por Herson Capri.

Reviravolta em ‘Renascer’

  • Chegada de Mariana

Como já citado no item acima, Mariana (Theresa Fonseca) é a jovem que irá arrebatar o coração de João Pedro (Juan Paiva), além disso, vai seduzir também José Inocêncio, o pai do rapaz, em ‘Renascer’. O fazendeiro acaba se encantando por Mariana, depois de sofrer muitos anos em luto pela morte de Maria Santa (Duda Santos).

José Inocêncio, João Pedro e Mariana
José Inocêncio, João Pedro e Mariana – Divulgação/Globo

Misteriosa, a moça é de poucas palavras, e o que ninguém imagina até então é que ela é neta de Belarmino (Antonio Calloni), antigo desafeto de José Inocêncio, e de Dona Nena (Quitéria Kelly). Ela chega ao sul da Bahia, com o ímpeto de querer vingar a morte do avô e recuperar as terras que ela acha que tem direito.

  • Pantanal – O Retorno?

Porém, apesar de querer vingança apenas para retomar as terras, Theresa conseguirá muito mais. O fato de seduzir pai e filho vai causar uma verdadeira guerra dentro da família, além disso ainda vai voltar a levantar um ponto na trama. João Pedro será rejeitado pelo pai.

Vale lembrar que a história poderá até fazer o público a se recordar de Pantanal, já que José Leôncio, coincidentemente vivido também Marcos Palmeira, rejeitava, de certa forma, de Tadeu, personagem de José Loreto.

  • Buba será trans e não hermafrodita

Na primeira versão, Buba, interpretada pela atriz Maria Luisa Mendonça, era hermafrodita, atualmente chamada de intersexo, e era de uma família rica.

Gabriela Medeiros como Buba
Gabriela Medeiros como Buba – Divulgação/Globo

Desta vez, Gabriela Medeiros vai dar vida a Buba, mas com uma história diferente. Obstinada e competente, formou-se em Psicologia e está cotada para assumir um cargo de liderança numa multinacional. Se apaixona por José Venâncio (Rodrigo Simas), assim como sonha em formar uma família com ele e ser mãe. Mas o preconceito por ser uma mulher trans acaba sendo um grande obstáculo para o casal.

Personagens ‘novos’ na trama

  • Zinho vira Zinha

Na versão original, o personagem Zinho, vivido por Cosme dos Santos, dará o lugar a Zinha, interpretada por Samantha Jones, que fez sucesso em Todas as Flores, como Ciça. Ela continuará sendo filha de Jupará, vivido por Evaldo Macarrão nesta versão, e ocupará o lugar do pai como funcionária de José Inocêncio.

Assim como em Renascer original de 1993, ela será bem próxima de João Pedro (Juan Paiva) e ficará com ciúmes ao perceber o interesse dele em Mariana (Theresa Fonseca).

  • Padre vira pastor

Outra mudança na próxima fase com relação à versão original envolve religião. Na trama original, o padre Lívio, papel de Jackson Costa, vai se tornar o pastor Lívio, interpretado Breno da Matta, no remake.

Breno da Matta como pastor Lívio
Breno da Matta como pastor Lívio – Divulgação/Globo

Com uma vida dedicada à vocação religiosa, Pastor Lívio cresceu em um lar evangélico batista. Desde muito cedo percorre o caminho da fé dentro da Igreja, até que seus questionamentos falassem mais alto e o levassem para as estradas em busca de Deus. Foi nessa via-sacra que os seus caminhos e os de Padre Santo (Chico Diaz) se cruzaram.   

  • Vilão mudou de nome

Filho único e herdeiro do pai, Coronel Firmino (Enrique Diaz), Egídio se fez um Coronel temido e influente na região. Na primeira versão, seu nome era Teodoro e foi brilhantemente interpretado por Herson Capri.

Vladimir Brichta como Egídio
Vladimir Brichta como Egídio – Divulgação/Globo

Casado com Dona Patroa (Camila Morgado) e pai de Sandra, herdou também do pai a rivalidade com José Inocêncio (Marcos Palmeira). Inimigo declarado do homem que o pai no passado mandou depelar vivo, o fazendeiro é uma espécie de atravessador que vive da compra e venda do cacau de produtores da região. 

Tags:

Formado desde 2010, já passou pelas editorias de esporte e entretenimento em outros veículos do país e atualmente está no OFuxico. Produz matérias, reportagens, coberturas de eventos, apresenta lives e ainda faz vídeos curtos para as redes sociais