Alexandre Correa culpa governo Lula por dívida de R$ 40 milhões

Por - 09/12/23

fotomontagem de retratos de lula e alexandre correa

Conforme já divulgado por OFuxico, os problemas financeiros de Ana Hickmann foram um dos fatores que levaram ao término de seu casamento com Alexandre Correa. As empresas de Ana, parcialmente gerenciadas por Alexandre, enfrentaram desafios comerciais desde o início da pandemia de Covid-19, com o fechamento de estabelecimentos. Isso resultou na apresentadora deixando de cumprir compromissos como IPTU, condomínio de imóveis e impostos federais.

Diante desse quadro, o empresário apresentou um pedido de recuperação judicial em 7 de dezembro. Contrariando informações anteriores de uma dívida de R$ 14,6 milhões, ele requereu um valor de R$ 40 milhões em tutela de urgência, alegando que os negócios enfrentam um risco iminente de falência. As informações são do site Notícias da TV.

Porém, detalhes do documento foram acessados e revelados pelo jornal Estadão, que mostram uma série de justificativas da defesa do empresário para a crise na empresa, e entre elas, o atual governo, regido por Luiz Inácio Lula da Silva, eleito para um terceiro mandato em outubro de 2022.

Alexandre cita no processo: “A exemplo das diversas grandes marcas e franquias que fecharam as portas no Brasil após o início do Governo atual e da crise que assola o mundo em face de duas grandes guerras em plena e contumaz beligerância e dos resquícios do fechamento do comércio após a pandemia do COVID”.

Correa também rebateu as acusações de que ele praticava fraude e desvio, avaliados por Ana Hickmann no “Domingo Espetacular”, da Record TV: “Todos os recursos oriundos de [empréstimos] sempre foram para a manutenção do capital de giro e das despesas de capital da Empresa e seus sócios”.

Detalhes da recuperação judicial

O NotÍcias da TV teve acesso à ação protocolada na Vara de Falência da Comarca de São Paulo, aberta em face da empresa Hickmann Serviços Ltda – Hserv. Correa alegou que, em 2022, o balanço patrimonial da empresa “comprova lucros superiores a R$ 8 milhões”, e que esse valor seria suficiente para executar as pendências financeiras a médio prazo.

Vale ressaltar que a Hickmann Serviços Ltda – Hserv é uma empresa fundada pela apresentadora, que tem 95% das cotas, enquanto Correa representa os 5% restantes da sociedade. Entretant, como eles são casados em regime de comunhão parcial de bens, na prática, cada um possui 50% das cotas da empresa, e na separação, isso seria mantido sem mudanças maiores.

Lembrando que Ana Hickmann, na busca por solucionar a situação financeira delicada, tomou medidas drásticas e contratou uma equipe de especialistas liderada por Roberto Justus, o ex-ministro da Economia, Paulo Guedes, e Daniella Marques, ex-presidente da Caixa Econômica Federal durante o governo de Jair Bolsonaro.

Raphael Araujo Barboza é formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. OFuxico foi o primeiro lugar em que começou a trabalhar. Diariamente faz um pouco de tudo, mas tem como assuntos favoritos Super-Heróis e demais assuntos da Cultura Pop (séries, filmes, músicas) e tudo que envolva a Comunidade LGBTQIA+.