Renascer destaca diversidade com artistas LGBTQIAP+. Veja!

Por - 25/02/24 às 18:20 - Última Atualização: 11 abril 2024

Samantha Jones, Rodrigo Simas, Gabriela Medeiros, Matheus Nachtergaele, Alice Carvalho e Irandhir dos SantosSamantha Jones, Rodrigo Simas, Gabriela Medeiros, Matheus Nachtergaele, Alice Carvalho e Irandhir dos Santos fazem parte da comunidade LGBTQIAP+ - Foto: Reprodução/ Instagram

Rodrigo Simas, Gabriela Medeiros, Samantha Jones, Alice Carvalho, Irandhir dos Santos, Matheus Nachetergaele. Além de todos serem atores de Renascer, eles têm algo em comum e bastante representativo: Todos fazem parte da comunidade LGBTQIAP+, ressaltando a diversidade na trama das 21h.

Rodrigo Simas teve medo deperder papéis por causa da sexualidade

Na novela do horário nobre, todos têm papel de relevância. Alguns chegam a tratar abertamente da sexualidade, como os personagens de Gabriela e Simas.

A atriz transexual que vive a Buba, papel que na primeira versão era hermafrodita (pessoa que tem os órgãos sexuais masculino e feminino), lida com a paixão por um hétero, na trama.

A pessoa em questão é José Venâncio, papel de Rodrigo Simas. Enquanto o filho de José Inocêncio (Marcos Palmeira) questiona a própria sexualidade e não entende o sentimento, Rodrigo é muito bem resolvido. E hoje exalta a diversidade na trama.

Bissexual, Rodrigo Simas é casado com Ágatha Moreira

Em março do ano passado, Rodrigo Simas revelou ser bissexual. O artista de 32 anos, entretanto, afirmou que teve medo das reações, sobretudo por pertencer a uma família “de galãs”. Para ele, a diversidade tem que existir.

“Eu nunca expus isso, mas sou um homem bissexual. É um rótulo, mas me sinto maduro e tranquilo para falar sobre isso agora. Eu sou um cara livre. Acredito na liberdade de escolha, de ser o que a gente quiser”, disse o ator, por fim.

Irandhir Santos é casado com um homem

Abertamente gay, Irandhir é casado com o professor e doutor em Ciências Sociais Roberto Efrem Filho — a quem costuma fazer declarações nas redes sociais.

Assim como os demais atores e atrizes da comunidade LGBTQIAP+ da trama, ele reconhece a relevância da diversidade na história de Bruno Luperi.

Alice Carvalho namora diretora de arte

A intérprete de Joana de Renascer, vive intensamente o amor ao lado da diretora de arte Chica Caldas. As duas se conheceram enquanto gravavam “Cangaço Novo”, há dois anos.

Desse modo, o romance engrenou em 2021, durante a pandemia e o dia 11 de novembro, data em que assumiam a relação, é festejado por ambas nas redes sociais.

Samantha Jones namora atriz

Conforme OFuxico já destacou, enquanto em Renascer a sexualidade de Zinha é uma dúvida, fora da ficção, a atriz Samantha Jones é muito bem resolvida. Ela se declara abertamente como bissexual.

Saiba tudo sobre Samantha Jones, a Zinha de Renascer

A baiana de 26 anos namora a também atriz Manu Morelli, de 23, com quem vive trocando declarações nas redes sociais. As duas estão juntas já há alguns anos.

“Eu sou bi. Eles existem, que loucura!”, disse Samantha, ao ser questionada nas redes sociais.

Gabriela Medeiros ressalta a diversidade trans

Intérprete de Buba, Gabriela Medeiros, de 22 anos, é uma atriz trans e em Renascer interpreta a transexual Buba. Na versão original, Buba era chamada de hermafrodita e era interpretada por uma mulher cisgênero, a atriz Maria Luisa Mendonça.

Escalação de Gabriela Medeiros é ato histórico na Globo

Gabriela falou da sua transição de gênero ao postar uma foto da infância no Instagram: “Se eu pudesse abraçar essa criança aí da foto eu diria a ela que: você não nasceu no corpo errado, que seu jeitinho de ser é especial, que o seu olhar para o mundo é único, que a sua sensibilidade não é sinal de fraqueza. Diria também para essa criança não chorar mais quando cortarem seu cabelo, que uma hora ele irá crescer; diria para não retrair o corpo por ter vergonha de ser quem é”, escreveu.

Matheus Nachtrgaele não se define

Em 2014, Matheus Nachtergaele revelou ser bissexual, Em seguida, ele afirmou que tentou se definir sexualmente, mas que “não adiantava”.

Matheus Nachtergaele não é mais funcionário da Globo. Entenda!

Segundo ele, ninguém “cabe numa prateleira” quando se trata de sexualidade e que cada um tem a sua própria definição.

“Eu já não penso mais em lésbicas, gays, héteros, bissexuais… Não consigo pensar nesses termos porque percebo que cada ser humano tem uma sexualidade própria. Acredito que, quantas pessoas existirem no mundo, é o número de sexualidades que existem. E, além do mais, temos que lembrar que ela é cambiante”, declarou.

---

Tags: ,,

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×