Beyoncé revela medo de ter Blue Ivy nos palcos: ‘Ela estava pronta, eu disse ‘não”

Por - 27/11/23 às 12:00

Blue Ivy e Beyoncé, ambas de roupa vermelha, no palcoReprodução/ Youtube

No último dia 25 de novembro, “Renaissance: A Film by Beyoncé” foi lançado e novos detalhes da recente turnê de Beyoncé foram revelados. Um deles destaca o temor da artista em ter a filha, Blue Ivy, de 11 anos performando no palco.

No show, a primogênita de Beyoncé e Jay Z dança nas músicas “My Power” e “Black Parade”. Apesar de já ter se apresentado com Blue Ivy em Dubai, em janeiro, a artista teve dúvidas.

“Ela me disse que estava pronta para se apresentar e eu disse não. Dançar diante de milhares de pessoas não era lugar para uma menina de 11 anos”, diz a artista no filme. Quando a mãe mudou de ideia, ficou acordado que Blue Ivy subiria ao palco por uma única noite, em Paris.

Bey ainda confidencia no filme que quase desmaiou na primeira vez em que a filha se juntou a ela no palco. Mas logo outro sentimento tomou conta

“Minha primogênita linda. Estou muito orgulhosa e grata por ser sua mãe. Você nos traz tanta alegria, meu anjinho”, escreveu Beyoncé em seu perfil no Instagram no dia 29 de maio, depois a apresentação assistida por cerca de 80 mil pessoas.

Críticas fizeram Blue Ivy evoluir

De acordo com uma crítica publicada no New York Times sobre o lançamento do novo filme da turnê, a cantora “Single ladies” e “Crazy in love” ficou “consternada” quando sua filha leu postagens criticando seus “movimentos medíocres”.

“Mas isso comoveu a mãe, porque, em vez de desistir, ela decidiu trabalhar e treinar ainda mais para as futuras paradas”, destacou a crítica.

Ao longo dos seis meses em que continuou subindo ao palco com a mãe, Blue Ivy evoluiu consideravelmente. Em julho, a mãe de Beyoncé e avó da menina, Tina Knowles-Lawson, comentou em entrevista à People que a confiança de sua neta havia chegado “às alturas” desde a primeira aparição em Paris.

“Ela tem 11 anos e teve uma semana para se preparar, e está cada vez melhor, então sou uma avó orgulhosa, sempre”, disse, ainda brincando que em sua família, “todos treinam desde cedo para andar de salto alto”.

“Ela está se divertindo muito, e eu não poderia estar mais orgulhosa porque ela realmente trabalhou duro”, reforçou.

Em setembro, uma compilação do TikTok comparou sua dança em seu primeiro show, quando ainda era bastante tímida com os movimentos, à confiança que demonstrou durante uma apresentação semanas depois em Houston.

No último mês de outubro passado, Jay Z, que além, de Blue é pai dos gêmeos Rumi e Sir Carter, de 6 anos, destacou em entrevista ao programa “CBS Mornings” que ainda fica “arrepiado quando a vê subir no palco”.

“Ela nasceu numa vida que não pediu. Então, desde sempre, está sob escrutínio e sob os olhos do público, e todos têm uma opinião, mesmo que ela seja uma menina, até mesmo sobre como ela mantém o cabelo”, explicou ele sobre a primogênita.

“Então, ela estar naquele palco e reivindicar seu poder durante a música ‘My power’ é o melhor roteiro que pode ser escrito”, disse ele

De acordo com o NYT, Beyoncé ficou “consternada” ao descobrir que Blue Ivy leu comentários nas redes sociais que “criticavam seus movimentos sem brilho”, mas ficou “emocionada” quando sua filha decidiu “assumir o trabalho” em vez de desistir. Blue Ivy continuou a dançar com sua mãe durante várias paradas da turnê.

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×