Pai de Alok está seguro, fora de Israel e DJ emite comunicado sobre shows

Por - 11/10/23 às 16:46

alokReprodução/Instagram

No início da tarde desta terça-feira, 11 de outubro, o perfil de Alok nas redes sociais emitiu comunicado a respeito de sua agenda de shows. O DJ tem apresentação marcada para sábado, 14, no evento Tomorrowland, que acontecerá em Itu, interior de São Paulo.

“A GBL Shows, empresa responsável pelos shows do Alok no Brasil, informa ao público em geral que todos os shows programados para essa semana serão realizados, cumprindo integralmente com as obrigações contratuais”, diz a mensagem, que foi publicada nos Stories do DJ Brasil.

alok comunicado
Reprodução/Instagram

Alok passa por drama em família

Dias atrás, Alok surgiu nas redes sociais chorando ao contar que o pai Juarez Petrillo estava no festival de música eletrônica Universo Paralello em Israel durante os ataques do último sábado, 7 de outubro. Na noite de terça-feira, 10, DJ Bhaskar, irmão de Alok, contou que o pai estava bem e em segurança, longe de Israel.

A rave ocorreu perto da fronteira com a Faixa de Gaza e foi um dos principais alvos do grupo terroristas Hamas, que atacou Israel e deixou pelo menos 260 mortos na região do festival.

“Fiquei em choque nos últimos dias. Uma guerra é sempre uma tragédia, mas acontecer onde estão seus familiares e amigos é um verdadeiro pesadelo. Não consigo imaginar a dor de viver com isso durante tantos anos, como os israelitas e os palestinos tiveram de fazer. Estou arrasado com as mortes e não consigo parar de pensar que quase aconteceu com meu pai. Meu pai está seguro, fora de Israel, mas todos precisamos de tempo para processar tudo o que aconteceu. Eu só desejo que essa loucura acabe logo. Que Deus conforte os corações de todas as famílias afetadas pela guerra”, disse.

Quando comentou sobre o assunto, Alok disse: “O meu pai estava no evento que aconteceu um grande massacre dos terroristas, que matou mais de 260 pessoas. Meu pai estava prestes a se apresentar quando começou a ter um bombardeio e o evento foi interrompido e a polícia começou a evacuar”, disse ele, explicando ainda como Juarez conseguiu escapar.

Todo mundo saiu correndo. Meu pai saiu correndo, conseguiu entrar em um carro e sair de lá. O carro de trás foi baleado, meu pai conseguiu se abrigar em um bunker e ficou seguro lá”.

O artista ressaltou que o pai apenas tocaria no evento, desmentindo boatos de que Juarez seria o organizador: “Infelizmente, em meio a todo esse caos e essa angústia, está rolando uma fake news de que meu pai era o responsável e produtor do festival. O que não é verdade. Meu pai não é o organizador, não é o responsável, ele foi lá como contratado! Me ajudem a espalhar o que é verdade, por favor”, pediu Alok.

Jornalista desde 2000, iniciou a carreira como redatora do site OFuxico em 2002. Anos mais tarde, trabalhou como editora no site Famosidades (MSN), tendo passagem ainda como repórter na Quem, jornal Agora S. Paulo (Folha de S. Paulo), R7 e retornou em 2015 como editora do site OFuxico.


×