Carnaval 2024: Império de Casa Verde conta a vida de Fafá de Belém em forma de ritual

Por - 11/02/24 às 03:55 - Última Atualização: 10 fevereiro 2024

Carnaval SP - Alegoria da escola de samba Império de Casa VerdeAlegoria da escola de samba Império de Casa Verde - Foto: Divulgação

Penúltima escola a desfilar no Grupo Especial de São Paulo neste ano, a Império de Casa Verde vai homenagear uma das maiores cantoras populares do país: Fafá de Belém. Afinal, uma das maiores cantoras do Brasil vai completar 50 anos de carreira.

Tanto quanto Fafá, o Tigre Guerreiro está em festa. A agremiação está na iminência de comemorar 30 anos de história. Ou seja: overdose de festa no Anhembi!

Fafá de Belém de esbalda no Carnaval de Salvador, antes de brilhar no Anhembi

A agremiação levará para o Sambódromo do Anhembi o enredo “A Cabocla Mística em Rituais da Floresta: o Império de Fafá de Belém no palco do Carnaval”. Sob o mesmo ponto de vista, um homenagem as mulheres fortes.

Assim sendo, desenvolvido pelo carnavalesco Leandro Barboza, o enredo vai contar detalhes da vida e da carreira da cantora paraense, com referências às tradições amazônicas, festejos culturais e religiosos. 

Como resultado de tamanho empenho, Fafá estará presente. E não poderia ser diferente! A homenageada se envolveu com o desenvolvimento do trabalho da escola desde antes do anúncio oficial do enredo, afinal, a vida dela será reverenciada.

Assim sendo, o trabalho artístico assinado pelo carnavalesco Leandro Barboza e o enredista Thiago Freitas, vai mostrar para o público a vida sob um olhar diferenciado.

Valéria Valenssa retorna aos desfiles da Sapucaí após 20 anos afastada

“A Fafá é um enredo que eu já sonho há bastante tempo. Tenho ele de seis a sete anos, e quando eu apresentei ao Thiago ele deu um novo caminho, falando sobre rituais”, destacou Leandro, primeiramente.

Desse modo, a escola vai ressaltar mulheres paraenses e amazônicas que saíram de lá para ganhar o mundo: “Isso que deixou ela mais feliz, a gente está contente com isso tudo”, declarou o carnavalesco.

Como será o desfile em homenagem a Fafá

Resumir 50 anos de carreira em quatro setores foi o maior desafio para Leandro e Thiago. A solução de caminhar para o lado da espiritualidade e da representatividade feminina de Fafá, entretanto, acabou sendo um grande acerto.

Gustavo Mioto é internado e cancela agenda de Carnaval

De acordo com o carnavalesco e o enredista, a identificação de Fafá de Belém com o enredo foi total. A artista não pediu nenhum tipo de alteração na forma como o enredo contará sua história, mas fez pedidos especiais quanto a participação das netas e as referências às mulheres nortistas.

“Acho que a felicidade nossa e também do Thiago é de a gente fazer essa leitura para ela, e no final dessa leitura eu perguntar: ‘Fafá, você quer que altere alguma coisa?’, e o Thiago: ‘está dentro do que você é? Te representa?’, e ela responder: ‘não quero botar uma vírgula em nenhum ponto. A minha vida está resumida aí’. Não tem retoque em hora nenhuma”, afirmou o carnavalesco.

De acordo com o enredista, a cantora apontou para onde as netas iam desfilar: “Não foi nem o pedido, ela falou assim: ‘as minhas netas vão vir aqui, né?’, e já apontou. Eu acho que isso foi bem marcante, ela reconhece que ali é um bom lugar”, contou Thiago.

Por fim, Leandro completou: “E também de puxar essas mulheres do Pará também. Ela pediu desde o início que, como ela sempre fala em qualquer entrevista, o enredo não é ela, é ela e todas essas mulheres que vêm do Norte, esse olhar para elas. Então , dessa forma ela se sente muito mais confortável e muito mais feliz”, completou Leandro.

Veja a ficha técnica

Enredo: Fafá, a Cabocla Mística em Rituais da Floresta”
Carnavalesco: Leandro Barboza
Diretor de Carnaval: Rogério Figueira (Tiguês)
Intérprete: Tinga
Mestre de Bateria: Robson Campos (Zoinho)
Rainha da bateria: Theba Pitylla
Mestre-sala e Porta-bandeira: Rodrigo Antonio e Jessica Gioz
Comissão de Frente: Anderson Rodrigues
Famosos:

Confira a letra do samba

Vai meu império
Se a vida enfrenta a ambição
Defenda a floresta
Tigre guerreiro
O teu manto é a nossa proteção
Nós somos a flecha
Que avança na mata
Ao som dos maracás
Encanto mestiço no ar
Destino sagrado e os sinos dobrados
Renovando sua fé no círio de nazaré

Receba as notícias de OFuxico no seu celular!

Estrela que nasce sob o céu de kanapí
Senhora das águas, tem o lume de jaci
Melodia dos romeiros refrão
Do vento e da chuva
É maria dos jurunas
Todo mundo quer ouvir

Sopro xamã caruana e marajoara
Solfejo sublime, voz de yara
Na folha do amor e no boi-bumbá
Flor cunhã-poranga da aldeia
A magia que rodeia o carimbó e o siriá
O hino entoou para raiar a liberdade
Se ajoelhou aos pés da santidade
Enamorou portugal

O sorriso que espalha o bem
E o talento de fafá de belém
Vão brilhar no meu carnaval

Ê emoriô…ê emoriô (bis)

Cabocla serena iluminada
É casa verde vem ouvir a batucada…amor
Sou imperiano refrão
Unindo o teu canto
À expressão da minha cor

Tags: ,,

É jornalista formada pela Universidade Gama Filho e pós-graduada em Jornalismo Cultural e Assessoria de Imprensa pela Estácio de Sá. Ela é nosso braço firme no Rio de Janeiro e integra a equipe de OFuxico desde 2003. @flaviacirino


×